Sem Pottker, Carille promete chance a Carlinhos: "Prioridade à base"

Tomás Rosolino - enviado especial a Poços de Caldas,MG

09-02-2017 07:02:29


O atacante Carlinhos, artilheiro do time do Corinthians campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, terá mais espaço na equipe profissional a partir desta quinta-feira, quando se reapresenta após um período de férias. Antes relegado a quarta opção com a presença de Jô, Kazim e a chegada esperada de William Pottker após o Paulista, ele viu crescerem suas chances de jogar com o desmanche do negócio entre o Alvinegro e a Ponte Preta pelo artilheiro do último Campeonato Brasileiro.

Carille monitorava Pottker desde o Campeonato Paulista do ano passado, quando ainda era auxiliar de Tite, e conseguiu concretizar o sonho de trazer o atleta na semana passada. Porém, quando tudo já estava acertado, o jogador entrou em campo pela Ponte Preta na quarta-feira, pela Copa do Brasil, e motivou a desistência da diretoria, incomodada com o fato de não poder utilizá-lo mais no torneio eliminatório.

"O Pottker é um jogador que vem se destacando desde o Linense, manteve o bom nível no Campeonato Brasileiro, mas no final acabou ficando algo inviável para nós. O Corinthians descartou a chegada dele e agora vamos dar chances para a base, o Carlinhos passa a treinar com a gente, vamos aproveitar o jogador e dar prioridade à base", assegurou o comandante, que vê algumas diferenças entre a joia e o quase reforço.

"Não dá para comparar muito bem um com o outro por conta das características de cada jogador. Apesar de fazer muitos gols, o Pottker é um atleta que cai mais pelos lados do que o Carlinhos, jogador que sempre opta por fazer a referência. Qualidades diferentes", explicou o treinador, que, a princípio, não inscreveu o garoto para a disputa do Estadual. Até o momento, são 26 nomes preenchidos de 28 possíveis, sendo que uma vaga certamente estaria reservada para o meia Jadson.

O panorama pode mudar caso Carille demore a ter o retorno de Kazim, atleta que perdeu os últimos três jogos da equipe com um desconforto muscular na coxa direita. Sem o inglês naturalizado turco, o comandante tem improvisado o paraguaio Romero na função quando Jô demonstra sinais de cansaço, algo que tem acontecido com certa frequência na parte final dos jogos. A definição sobre isso, no entanto, só sairá após algumas semanas de treino do jovem da base.

Além dele, vão ao CT Joaquim Grava para treinar o volante Guilherme Mantuan e o meia Pedrinho, apresentados com o restante do elenco no amistoso contra a Ferroviária, há uma semana. Como nem um deles está inscrito no Estadual, o mais provável é que os jovens apenas façam treinamentos durante a semana e, se possível, estejam nas listas de relacionados para torneios como Copa do Brasil e Sul-Americana, além do Campeonato Brasileiro.

Deixe seu comentário