Ramiro afirma que elenco do Corinthians entende redução salarial para preservar funcionários

São Paulo, SP

02-06-2020 16:08:26

A paralisação das atividades por conta da pandemia afetou as contas de todas as equipes do país. No Corinthians, a situação não foi diferente, e a diretoria precisou fazer cortes de em diversos setores do clube. O volante Ramiro declarou que o elenco concorda e entende a redução de 25% dos salários dos jogadores, pensando nos demais funcionários.

“É um assunto que a gente vem debatendo entre jogadores, diretoria e comissão técnica. A questão é impactar o menos possível, porque vai impactar e não tem jeito. É inevitável que mudanças aconteçam, perda de patrocínio, diminuição de renda, algumas demissões. Nós jogadores nos colocamos à disposição e, para não perder funcionário, concordamos com a redução. Tem que pensar no bem coletivo. Hoje a gente tem um bom salário, então de repente, para nós não faz tanta diferença, menos que para um funcionário que recebe um, dois salários mínimos e a família depende desse dinheiro”, afirmou o volante em entrevista ao SporTV.


O acordo do clube foi reduzir em 25% os salários dos jogadores, enquanto para os demais funcionários foi de 50% para aqueles que mantém sua jornada de trabalho reduzida e 70% para aqueles que estão parados. Ramiro voltou a afirmar que o elenco prioriza as necessidades dos funcionários.

“No nosso modo de pensar e de entender, os funcionários precisam muito mais. Pensando na saúde financeira do clube e de diversas famílias que estão conectadas com o clube, chegamos em um acordo para que o clube consiga impactar o mínimo possível a parte financeira”, revelou.

A situação financeira do Timão não é das melhores. O clube já estava com as contas no vermelho, fechando com déficit recorde na temporada passada, e ainda perdeu um patrocinador na última segunda-feira, em decorrência da pandemia da covid-19.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?