Presidente aparece no treino, mas diz não ter falado com Tite sobre Seleção

Marcos Guedes - São Paulo,SP

08-04-2016 18:10:09

O presidente Roberto de Andrade apareceu no CT do Parque Ecológico, na tarde de sexta-feira, e acompanhou o treino do Corinthians ao lado do ex-presidente Andrés Sanchez. Ele concedeu entrevista no local, algo claramente motivado pelas notícias que voltaram a ligar o técnico Tite à Seleção Brasileira.

A última informação relacionada ao assunto foi um novo convite feito pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e recusado pelo treinador. O dirigente negou ter conversado com o gaúcho sobre o tema, dizendo não ter visto qualquer motivo para isso.

“Eu, como presidente, não fui procurado por ninguém da CBF. Fiquei sabendo pela imprensa. Se foi convidado ou não, não sei, porque não conversei com ele. Tinha antecipado essa conversa. E ele tinha dito que não deixaria o Corinthians, continuaria trabalhando conosco”, afirmou Roberto.

“Já falei algumas vezes e penso assim: é uma decisão em que o clube não tem nenhuma interferência. É uma decisão pessoal dele. Todo treinador almeja chegar à Seleção Brasileira. Logicamente, não ficaria contente de forma nenhuma em perder um treinador como o Tite, mas quem tem que resolver é ele”, acrescentou.

No que depender do clube do Parque São Jorge, não há motivo para uma mudança de emprego do técnico. Cedê-lo ao time nacional não animaria o presidente nem pelo lado verde-amarelo. “Sou mais corintiano do que patriota. Quero ele no Corinthians, não na Seleção.”

O próprio Tite, que costuma conceder entrevista às sextas-feiras, preferiu se calar. Ele já havia feito o mesmo na última quinta, no retorno da delegação alvinegra da Colômbia após o empate com o Santa Fe. “Ele já disse outras vezes que não tem o que falar sobre isso”, concluiu Roberto de Andrade.

Deixe seu comentário