Pedrinho não consegue explicar mau futebol apresentado pelo Corinthians

Tiago Salazar - São Paulo,SP

01-10-2019 14:53:25

Não é de hoje que o Corinthians está devendo futebol. Apesar do título paulista, da campanha até a semifinal na Copa Sul-Americana e da posição no G4 do Campeonato Brasileiro, críticos, parte da torcida e até o próprio técnico Fábio Carille têm externado esse incômodo com o desempenho do time em campo.

Contra o Vasco, no último domingo, o Timão conseguiu mais uma vitória na marra, longe de encantar. Após o jogo, o goleiro Cássio reconheceu que os três pontos foram conquistados na base do “Balão para frente, defende como dá”.

Pedrinho tem sido a esperança do Corinthians para o "algo diferente" nos jogos (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

Um dos jogadores mais técnicos do elenco alvinegro, Pedrinho foi questionado nessa terça-feira, em entrevista coletiva, sobre qual seria o motivo dessa dificuldade corintiana, e não soube responder.

“Não sei exatamente o motivo disso acontecer. Em alguns jogos a gente chega e faz um grande jogo, em outros não. A gente sempre fala: importante é estar vencendo. Claro, se você faz bom futebol fica mais perto da vitória, mas, como falei, tenho certeza que meus companheiros sempre tentam dar o máximo para não só vencer como para agradar aos torcedores”, analisou o jovem depois de alguns segundos de reflexão.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Isso é um fato que a gente vem comentando bastante. Independente do time que a gente enfrentar, temos de desempenhar o mesmo futebol e buscar os mesmos três pontos”, continuou.

Nessa quarta-feira, o Corinthians encara a Chapecoense na Arena Condá, em Chapecó, em partida atrasada da 21ª rodada. É a chance de encostar de vez no Santos, terceiro colocado na tabela de classificação.

“Perdemos muitos pontos para equipes da parte de baixo da tabela. Conversamos para entrarmos com a mesma concentração que temos contra equipes grandes, para buscar os pontos que a gente perdeu no primeiro turno”, avisou Pedrinho.

 

Deixe seu comentário