Paulo Garcia vai oficializar candidatura à presidência do Corinthians nesta quarta-feira

Tiago Salazar - São Paulo,SP

21-09-2020 21:00:30

Mais de um ano depois de afirmar que concorreria à presidência do Corinthians, o empresário Paulo Garcia enfim vai oficializar sua candidatura. O anúncio ocorrerá nesta quarta-feira, às 11h (de Brasília), em um hotel na cidade de São Paulo ainda não confirmado.

Em agosto de 2019, 15 meses antes da eleição presidencial, marcada para o próximo dia 28 de novembro, o empresário e um dos donos da Kalunga, uma rede de papelarias que patrocinou o Timão nas décadas de 80 e 90, divulgou uma carta comunicando que se candidataria ao cargo.


No entanto, a pandemia do novo coronavírus atrasou a oficialização. Há cerca de um mês, Paulo Garcia justificou o atraso pelas complicações causadas pela covid-19 em sua empresa e pelos problemas financeiros vividos pelo Corinthians, que, segundo ele, fizeram com que o momento não fosse propício para discussões políticas no clube.

Na última eleição, o empresário chegou a ter sua candidatura impugnada por compra de votos, mas conseguiu uma liminar da justiça e concorreu, perdendo apenas para Andrés Sanchez, que levou a corrida pelo triênio 2018-2020.

Essa, no entanto, não foi a primeira vez que Paulo Garcia tentou presidir o Corinthians. Em 2015, o conselheiro vitalício desistiu no último instante para formar chapa com Antônio Roque Citadini e complicar o favorito, à época, Roberto de Andrade, algo que não aconteceu.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Outro detalhe importante sobre o candidato é que ele é irmão de Fernando Garcia, um dos sócios da Elenko Sports, empresa de agenciamento de jogadores que conta com diversos clientes que passaram pelo Corinthians. Do elenco atual, Walter, Gabriel, Danilo Avelar e Everaldo são os principais nomes ligados à empresa.

Paulo Garcia concorrerá contra Ricardo Maritan, Augusto Melo e Mario Gobbi, que já tinham confirmado presença na disputa eleitoral. Pela chapa "Renovação e Transparência", que está no comando do Timão desde o segundo semestre de 2007, o ex-diretor de futebol Duílio Monteiro Alves será o candidato.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?