Passe de Rodriguinho e gol de Jô decidem 1 a 0 do Timão até no treino

Tomás Rosolino - São Paulo,SP

31-05-2017 17:55:09

Rodriguinho deu mais uma assistência para Jô na atividade desta quarta

Centroavante definiu triunfo dos titulares (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

Rodriguinho dribla dois adversários e aciona Jô na entrada da área. Com categoria, o centroavante bate com o pé esquerdo, de chapa, tira do goleiro e assegura o único gol da vitória do Corinthians. A descrição seria fiel a muitos jogos do Alvinegro no ano, mas, dessa vez, relata apenas o que aconteceu no treino da tarde desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, quando a dupla destaque do clube em 2017 decidiu a vitória dos titulares sobre os reservas na atividade comandada pelo técnico Fábio Carille. Titular 1 x 0 reserva.

O lance foi um dos poucos lampejos da movimentação, disputada em um campo reduzido, com o enfoque tradicional na marcação pressão e na precisão do passe desde o campo de defesa, pontos considerados essenciais por Carille para uma evolução natural da equipe. Ainda na etapa inicial, Rodriguinho conseguiu se livrar de Camacho, passou por Giovanni Augusto e fez o passe para o centroavante. Jô não pegou tão forte na bola, mas foi o suficiente para que Walter nem tentasse pular para defender.

Dividida em duas etapas de 12 minutos e "com muita intensidade", pedido constante de Carille, a atividade ainda teve uma boa movimentação de Giovanni Augusto, posicionado como um segundo volante no time reserva e cada vez mais liberado para voltar aos gramados. Sem jogar desde a partida de ida contra o Internacional, pela Copa do Brasil, o armador passou por uma cirurgia no tornozelo direito e perdeu nove jogos desde então. Neste sábado, contra o Santos, em Itaquera, ele deve ser relacionado novamente.

A única ausência dentre os titulares continuou sendo o meia Jadson, que realizou trabalho de fortalecimento na academia do CT. Ele não treinou no gramado também na terça e repete uma rotina adotada na semana passada, quando se juntou aos companheiros somente na quinta. Com 33 anos, ele é o titular mais velho da equipe e recebe tratamento especial para evitar contusões. Mesmo sem aparecer, porém, o armador não deve ser problema para o clássico alvinegro.

Marquinhos Gabriel, que também não havia aparecido no gramado na terça, foi o substituto do camisa 10 entre os titulares, atuando pelo lado direito em uma linha com Rodriguinho e Romero. No segundo tempo, ele deu a vaga para Clayson e foi para o reserva. O meia Pedrinho, utilizado todo o tempo na armação central dos suplentes, desponta como possível substituto de Rodriguinho na ausência do atleta, convocado por Tite para a disputa dos amistosos contra a Argentina (9 de junho) e Austrália (13 de junho) pela Seleção Brasileira, ambos em Melbourne (Austrália).

Sem contar com Balbuena e Léo Príncipe, ambos em recuperação de lesões na coxa direita, Carille manteve Pedro Henrique entre os titulares e deu preferência a Paulo Roberto na reserva da lateral direita, em disputa particular com Camacho. O setor, que muda pouco devido à boa performance de Fagner, virou prioridade com a ida do atleta para a Seleção ao lado de Rodriguinho. Sem ele e Príncipe, reserva imediato, Carille indica que optará por Paulo nos jogos contra Vasco (7), São Paulo (11) e Cruzeiro (14 de junho).

O próximo apronto de time será realizado na tarde desta quinta-feira, novamente no CT, dessa vez com a provável presença de Jadson. O time que provavelmente vai a campo a partir das 19h (de Brasília) do sábado, no estádio de Itaquera, conta com Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?