Oswaldo pede paciência com Pedro Henrique e vê Timão desligado

São Paulo, SP

29-10-2016 19:48:16

O Corinthians vencia a Chapecoense por 1 a 0 com um gol de pênalti convertido por Giovanni Augusto até aos 38 minutos do segundo tempo, quando o zagueiro Pedro Henrique cometeu pênalti infantil em Lucas Gomes e Bruno Rangel empatou a partida. Apesar do erro do beque, o técnico Oswaldo de Oliveira pediu paciência com o jogador.

"Isso é coisa que acontece com qualquer jogador, não especificamente com atletas jovens. O ser humano é cíclico, é comum que isso aconteça. É lógico que a experiência ajuda, mas ele tem demonstrado que tem capacidade, competência, e nós vamos ajudá-lo, na medida do possível, a jogar com mais calma e a passar melhor por esse tipo de situação que ele teve hoje", disse o treinador.

Com o resultado, o Timão chegou aos 50 pontos ganhos, perdendo sua posição no G6, já que o Atlético-PR venceu o Cruzeiro por 1 a 0, em jogo no mesmo horário. Já a Chapecoense foi aos 43 pontos, subindo para a 11ª posição.

Corroborando com o discurso do meia Giovanni Augusto ao sair do gramado, o técnico Oswaldo de Oliveira admitiu que sua equipe relaxou nesta partida e, por conta disso, não conseguiu o resultado esperado.

"Nós jogamos dois jogos muito tensos, contra Cruzeiro e Flamengo, e, depois de passar por isso, muito estresse, tensão emocional, nossa equipe deu uma relaxada e não conseguiu readquirir o ritmo que teve naquelas partidas. Isso comprometeu muito aquilo que esperávamos. E outra mudança significativa que não conseguimos reparar foi como jogar sem o Guilherme", finalizou o técnico.

Na próxima rodada, o Corinthians terá pela frente o clássico contra o São Paulo, sábado, ás 19h30 (de Brasília), no Morumbi.

Deixe seu comentário