Morte de Cláudio, maior artilheiro da história do Corinthians, completa 20 anos

São Paulo, SP

01-05-2020 10:32:16

Há 20 anos, os torcedores do Corinthians se despediam de um ídolo. Cláudio, maior artilheiro da história do Timão e do Estádio do Pacaembu, faleceu no dia 1º de maio de 2000, vítima de ataque cardíaco, em Santos, sua terra natal.

Revelado pelo Peixe, Cláudio Christovan de Pinho teve sua carreira marcada pela qualidade técnica, liderança e visão de jogo, qualidades que o fizeram ganhar o apelido de "Gerente".

Ele defendeu o Corinthians por 12 temporadas, entre 1945 e 1957, marcando 305 gols e tornando-se o maior goleador da história do time alvinegro. O ex-jogador ainda conquistou os títulos do Campeonato Paulista de 1951, 1952 e 1954, além de três Rio-São Paulo (1950, 1953, 1954).


O Gerente também soma 202 gols no Pacaembu, sendo o maior artilheiro da história do Estádio Paulo Machado de Carvalho, que completou 80 anos de inauguração na última segunda-feira (27) e atualmente está sendo aproveitado para auxiliar no combate à pandemia do novo coronavírus.

Cláudio ainda atuou pelo Palmeiras, clube pelo qual foi campeão paulista de 1942, e vestiu a camisa do São Paulo logo antes de se aposentar. Pela Seleção Brasileira, ele disputou 12 partidas, com cinco bolas na redes e o título da Copa América de 1949, sediada no Brasil.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?