Inter é freguês do Corinthians em São Paulo, mas cenário põe Timão como “azarão” neste sábado

Tiago Salazar - São Paulo,SP

31-10-2020 07:00:56

Quem não lembra daquele golaço de Nilmar em cima do Corinthians, no Estádio do Pacaembu, logo na primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2009. Campeão pelo Timão em 2005, o atacante vestia a camisa 9 colorada na ocasião e decretou a vitória aos gaúchos por 1 a 0.

Após aquele confronto, disputado em 11 de maio, há quase 11 anos e seis meses, o Corinthians nunca mais perdeu para o Inter em São Paulo. De lá para cá, foram 11 encontros, com sete vitórias alvinegras e quatro empates.


Desta série, seis duelos aconteceram na Neo Química Arena, palco da partida deste sábado, às 19 horas (horário de Brasília), pela última rodada do primeiro turno do Brasileirão: foram três vitórias corintianas, além de três igualdades no placar.

É bem verdade que um desses empates teve um sabor especial aos colorados. Em 2017, depois do 1 a 1 no tempo regulamentar, o Corinthians foi eliminado da Copa do Brasil, na quarta fase do torneio, com um revés por 4 a 3 nos pênaltis.

No retrospecto geral, registrado a partir de 1945, a vantagem também é paulista. O time de Itaquera soma 31 vitórias, contra 23 dos sulistas e 34 empates. Foram 94 gols marcados pelo Corinthians e 87 pelo Inter.

Cenário adverso

Apesar de tudo isso, pode-se dizer, até com certo conforto, que neste sábado o Inter é o favorito e, portanto, tem grande chance de acabar com qualquer tabu.

Afinal, o Corinthians é o terceiro pior mandante do Campeonato Brasileiro, à frente apenas de Coritiba e Goiás, com duas vitórias em oito compromissos.

Já o time de Eduardo Coudet é o terceiro melhor visitante da competição, com quatro vitórias, dois empates e três derrotas, atrás de Flamengo e Palmeiras neste ranking.

Na última quarta-feira, após derrota para o América-MG, que disputa a Série B, o Corinthians atingiu sua pior sequência dentro da Neo Química Arena, onde não vence há quatro jogos. O aproveitamento da equipe no local é de apenas 54,3% neste ano, também o pior desde a inauguração. Nas partidas em público, a marca despenca para 46,1% e um saldo de gols de -2.

Não bastasse tudo isso, o Corinthians é o 13º colocado no Brasileirão, enquanto o Internacional é o atual dono da ponta de cima da tabela de classificação.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?