Gaviões vai ao CT do Corinthians e cobra saída de Mancini: "Não dá mais"

Tiago Salazar - São Paulo,SP

24-04-2021 16:51:51

A Gaviões da Fiel, maior torcida organizada do Corinthians, foi à porta do CT Joaquim Grava na tarde desse sábado, durante o treinamento da equipe comandada por Vagner Mancini, manifestar sua indignação com o momento do time.

Aproximadamente 30 torcedores participaram do ato, que durou cerca de 50 minutos, sem qualquer registro de ação violenta e foi monitorado por pelo menos quatro policiais militares.


Para evitar aglomeração devido a pandemia do coronavírus, a organizada não convocou todos seus sócios, mas Rodrigo Gonzalez Tapia, o Digão, presidente da Gaviões, falou à Gazeta Esportiva sobre as reinvindicações do grupo.

"Na nossa visão, o Mancini não dá mas. Ele tem de sair fora. Já faz quase um ano aí e o time não tem padrão de jogo. No último jogo ficou nítido que é um cara covarde, colocou a molecadinha faltando cinco minutos, não sei qual é o problema que ele tem, não sei se está querendo queimar a molecada. É isso, não tem padrão de jogo, não tem vontade, não tem nada. A gente quer que ele saia fora do Corinthians. O presidente tem de resolver esse problema que a torcida do Corinthians está pedindo".

Além da saída de Mancini, a manifestação também cobrou atletas e o presidente Duilio Monteiro Alves com faixas que foram penduradas por toda a fachada do CT.

"A gente sabe que a diretoria está com um problemão, várias dívidas, só que o Duilio virou presidente do Corinthians, ele tem de resolver. Não dá para aceitar esses jogadores jogando desse jeito. O último jogo foi lamentável, sem vontade, e o Gaviões vai vir cobrar, sempre. Hoje é só um pequeno protesto por causa da covid", avisou Digão.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

É nesse clima que o Corinthians vai visitar o Santos na noite desse domingo. A partida está agendada para às 20 horas, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista.

Por causa do compromisso na Copa Sul-Americana, mesmo sob pressão, Mancini deve montar uma escalação sem a maior parte de seus titulares.

 

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?