Diretor do Corinthians detona Paulo André após ação judicial: 'Você é um lixo!'

São Paulo, SP

11-06-2020 08:55:49

A imagem de Paulo André segue bastante arranhada no Corinthians, após o ex-jogador entra na Justiça contra o clube. Desta vez, quem tornou pública sua indignação foi o médico e diretor adjunto de futebol do Timão Jorge Kalil.

Em live realizada com o jornalista Alexandre Praetzel, o mandatário corintiano chegou a chamar Paulo André de lixo.

"Me nego a falar desse lixo. Ele é um lixo. O que ele fez, não se faz. Não teve um atleta que o apoiou. Ele era o presidente daquele 'Bom Senso', né? Pedir hora extra, adicional noturno, cadê o bom senso? O senhor é um lixo, seu Paulo André", disparou.

Com passagem vitoriosa pelo clube, entre 2009 e 2014, o zagueiro colecionou títulos importantes com a camisa alvinegra, como o Brasileirão de 2011 e a Libertadores e Mundial na temporada seguinte. Apesar da boa trajetória, o camisa 13 abriu uma ação na Justiça, acusando o Corinthians de descumprir obrigações trabalhistas, como o não pagamento dobrado por trabalho aos domingos e feriados, e do descanso remunerado, uma vez que alegou ter trabalhado mais uma vez por sete dias seguidos.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Depois de um acordo, ficou decidido que o clube paulista terá de pagar R$ 750 mil ao ex-atleta até maio de 2021. Em carta aberta, Paulo André revelou que abriu mão do valor.

Apesar do tom exaltado da primeira fala, Kalil fez questão de se explicar na reta final da entrevista. Segundo ele, o xingamento foi feito ao jogador e não ultrapassa para o lado pessoal.

"Quero dizer o seguinte ao Paulo André: eu não falei do homem, do caráter, falei do ex-jogador do Corinthians. Em nenhum momento eu coloquei o caráter dele como duvidoso. Foi um lixo como jogador, o único atleta de futebol que conheci na vida que entrou com processo reivindicando isso".

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?