Dínamo sonda o Corinthians com oferta de parte dos direitos de Sidcley

Tiago Salazar - São Paulo,SP

18-12-2019 05:00:51

O Corinthians ainda não desistiu de contratar Sidcley, apesar das dificuldades impostas pelo Dínamo de Kiev, clube que detém os direitos econômicos do lateral esquerdo.

O grande entrave é o fato dos ucranianos pedirem 1 milhão de euros, cerca de R$ 4,5 milhões, pelo empréstimo de um ano do jogador.

O clube paulista está disposto a arcar com todo o custo mensal de Sidcley, mas se nega a ter esse gasto junto ao Dínamo, que por sua vez não abre mão de uma compensação financeira.

Para tentar chegar a um acordo, a Gazeta Esportiva apurou que os dirigentes ucranianos sinalizaram com a possibilidade de oferecer de 15% a 20% dos direitos econômicos de Sidcley.

Ou seja, o Corinthians pagaria 1 milhão de euros para comprar parte do atleta de maneira definitiva e tê-lo por uma temporada, por empréstimo. A porcentagem seria mantida mesmo após o retorno do lateral ao Dínamo.


A oferta não foi colocada no papel, mas chegou aos dirigentes do Corinthians por meio de empresários intermediários. Caso o clube do Parque São Jorge aceite a condição, o Dínamo pretende tornar a proposta oficial.

A prioridade de Sidcley é voltar ao Brasil e o Corinthians tem a preferência, mas Internacional e Grêmio também externaram interesse no jogador, que está vinculado ao Dínamo de Kiev até 2023.

Mesmo sem utilizar o lateral desde 26 de maio, os ucranianos fazem jogo duro nas negociações. A intenção inicial do Dínamo era vender Sidcley e não por menos de 4 milhões de euros, algo fora de cogitação para o Corinthians, pelo menos por ora.

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?