Despedida de 2019 pode marcar adeus de mais de 10 jogadores do Corinthians

Tiago Salazar - São Paulo , SP
08/12/2019 06:00:21 — 08/12/2019 13:19:20

Em: Brasileiro Série A, Corinthians, Futebol, Mercado da bola, Notícias

O Corinthians se despede de 2019 nesse domingo, contra o Fluminense, dentro da Arena de Itaquera, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro. A casa alvinegra deve receber mais de 30 mil torcedores para o último compromisso antes do início das férias dos atletas.

A data também pode ficar marcada pelo adeus de boa parte do elenco corintiano. A Gazeta Esportiva apurou que o clube trabalha com a ideia de reformular o grupo para 2020 sem receio de adotar as tais “medidas drásticas”, ditas pelo presidente Andrés pouco antes de dispensar o técnico Fábio Carille e autorizar outras sete mudanças no departamento de futebol.

Já começou
A primeira saída confirmada é a de Manoel, que inclusive pediu para ser dispensado do derradeiro jogo contra o Fluminense.

No setor de defesa, ainda deve sobrar para Carlos ou Danilo Avelar. O clube quer um novo lateral esquerdo. Uma proposta deve ser formulada no próximo mês com a intenção de trazer de volta Sidcley. A situação de Guilherme Arana, antigo sonho, também é monitorada.

Setor que mais vai sofrer
O meio de campo é o setor que talvez sofra o maior número de mudanças. Entre os volantes, Renê Júnior, Matheus Jesus, Ramiro e Júnior Urso são os mais cotados a se despedir.

Dos armadores atuais, Régis, Jadson e Sornoza dificilmente ficarão para trabalhar com Tiago Nunes.

Homens de frente
Na ataque, Clayson é o primeiro da lista. Entre os centroavantes, os dirigentes entendem que a permanência do trio Boselli, Love e Gustavo é importante, apesar da ciência de que Gustavo é o que tem a maior possibilidade de saída.

Conclusão
A barca corintiana pode ter mais de uma dezena de jogadores. O destino depende de cada situação, cada contrato e intenção. Porém, seja por empréstimo, rescisão ou venda, o clube vai trabalhar para cumprir com o plano.

Tiago Nunes, técnico contratado para assumir o time em 2020, já trabalha no planejamento da próxima temporada e está diretamente ligado a cada decisão. Os retornos de Pedro Henrique, Camacho, Thiaguinho e André Luis, por exemplo, já são opções do treinador atual campeão da Copa do Brasil.

A outra ponta do mercado
Mais até do que as dispensas, os reforços são prioridade no Corinthians. Provavelmente, serão pelo menos quatro, bem diferente da postura adotada em 2019, quando o clube contratou 15 jogadores para o elenco à época comandado por Carille.

Apesar do número reduzido, o objetivo é trazer jogadores de impacto, bem cotados no mercado e que cheguem com status de titular, casos de Luan, do Grêmio, e os laterais esquerdos citados acima, sem contar os nomes ainda guardados em segredo. Sabe-se apenas que os setores de armação e de ataque são vistos como os mais carentes e, por isso, devem receber o foco principal do Corinthians.

 




  • Carlos Eduardo

    As matérias estão ficando difícil de ler, se tiver proposta, caso o treinador quiser, e tudo na base do acho… Vejo mais jornalista querendo plantar notícia do que informar…

×
Quer receber notícias do Corinthians?