Corinthians vai disputar formato inédito da Copa Sul-Americana e pode embolsar R$ 36 milhões

Tiago Salazar - São Paulo,SP

22-02-2021 16:54:04

O Corinthians não conseguiu alcançar o objetivo de ir à Copa Libertadores da América em 2021. O Timão vai disputar a Copa Sul-Americana na temporada que terá início no fim deste mês.

O torneio continental terá um formato inédito a partir de 2021. Antes, os clubes se enfrentavam em mata-matas desde o início. Agora, é tudo muito parecido com a Liberta.

Da primeira fase sairão 16 classificados. O seis times brasileiros e os seis argentinos entrarão direto na fase de grupos, quando todos se enfrentarão em jogos de idade e volta.

Às oitavas de final só vão os primeiros colocados de cada grupo. Eles vão se juntar com os oito terceiro colocados da fase de grupos da Libertadores.

Para o Corinthians, a competição deve começar no fim de abril. A final está programada para 6 de novembro, ainda sem local definido pela Conmebol.

Além do formato, a premiação também mudou. O aumento de US$ 11,8 milhões (cerca de R$ 64 milhões) foi anunciado em janeiro.

Por entrar na fase de grupos, caso o Timão fique com a taça ao final da competição, embolsará também 6,8 milhões de dólares, cerca de R$ 36 milhões na cotação desta segunda-feira.

Veja a premiação a ser paga a cada fase:

Primeira fase: US$ 225 mil por jogo como mandante.
Fase de grupos: US$ 300 mil por jogo como mandante
Oito eliminados na primeira fase: US$ 120 mil
Oitavas de final: US$ 500 mil
Quartas de final: US$ 600 mil
Semifinal: US$ 800 mil
Vice-campeão: US$ 2 milhões
Campeão: US$ 4 milhões

O Corinthians nunca conquistou a Copa Sul-Americana. Em 2019, o time do Parque São Jorge foi semifinalista, mas caiu para Indepediente Del Valle.


 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?