Corinthians teve voto vencido e concordou com redução de datas no Paulista

Tiago Salazar e Guilherme Serrano - São Paulo,SP

22-10-2019 18:00:04

Além do sorteio que definiu a primeira fase do Campeonato Paulista 2020, o evento na sede da Federação Paulista de Futebol, nessa terça-feira, também serviu para que alguns pontos do regulamento da competição fossem acertados com os representantes dos clubes que participarão da disputa a partir de janeiro.

Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, foi quem levou a posição do clube alvinegro para o Conselho Técnico. E entre os assuntos mais destacados, pode-se dizer que o Timão saiu satisfeito por um lado, e nem tanto por outro.

O Corinthians preferia poder inscrever até 30 jogadores, e não apenas 26 na lista A. Em compensação, o clube aprovou a ideia de não ter jogos em Datas Fifa. "Menos quatro jogadores para contratar", brincou Duílio.

"Foi colocado em discussão e votação, e nesse aspecto, a maioria foi a favor dos 26 inscritos. (30 inscritos) foi a posição do Corinthians, até para ter um padrão, os campeonatos da Conmebol são 30 atletas, mas, infelizmente, isso... democraticamente, permaneceu os 26 (como limite)", explicou o dirigente.

Já em relação as datas, o consenso foi de que as fases quartas e semifinais tenham jogo único, como era até 2016. Logo, o calendário foi reduzido de 18 para 16 datas, escolha essa que agradou aos interesses do Timão.

"Nós fomos a favor de 16 datas. Um jogo só nas quartas e um na semi não é o ideal, mas a gente precisa começar a mudar. Não adianta lá na frente a gente reclamar de quantidade de jogos no calendário e não abrir mão de dois jogos. Até porque essas duas datas seriam também Data Fifa, poderíamos perder Fagner e Cássio, hoje nossos atletas que têm sido convocados, e está na hora de começar a colocar em ordem o calendário do futebol para que melhore o espetáculo", completou.


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?