Corinthians busca deixar "tabu" de clássicos em 2022 para trás contra o Santos

São Paulo, SP

22-06-2022 07:30:40

O Corinthians entra em campo nesta quarta-feira para iniciar a decisão das oitavas de final da Copa do Brasil diante do Santos. Além de desejar abrir vantagem - o jogo de volta acontecerá na Vila Belmiro, em 13 de julho -, o clube da capital também pretende deixar um "tabu" de 2022 para trás.

O Timão ainda não venceu clássicos no ano. Até agora, foram cinco derrotas e um empate contra seus três principais rivais.

Aliás, foi após o revés de virada contra o Peixe por 2 a 1, em fevereiro, que Sylvinho foi demitido e a "era Vítor Pereira" teve início. Para Fagner, a mística por trás de "não ganhar clássicos" no ano fica fora dos gramados.

“Isso é o que fica como tabu. A gente tem que entrar em campo, independente de ser o Santos ou o Goiás ou qualquer outra equipe, a gente vai buscar fazer o nosso melhor para vencer", iniciou o lateral.


"A gente sabe que não vencemos clássicos, mas isso não quer dizer o que a gente vem fazendo. A gente vem numa crescente, fazendo um grande trabalho. É pensar nos 180 minutos, não só em um jogo, ter cabeça fria, para fazer grandes jogos e conquistar nossos objetivos”, complementou.

Fagner volta a ser uma opção para VP depois de ter ficado 11 jogos fora. Ele retornou à atividade no último domingo, quando atuou na parte final da vitória por 1 a 0 sobre o Goiás. Além dele, o treinador relacionou o zagueiro João Victor para o clássico, depois de um período longe pela mesma lesão que o camisa 23, uma entorse no tornozelo.

Uma provável escalação do Corinthians para o confronto contra o Santos tem: Cássio; Rafael Ramos (Fagner); Robson (João Victor), Raul e Fábio Santos; Cantillo, Du Queiroz e Renato Augusto (Giuliano); Adson, Willian (Mantuan) e Róger Guedes. Veja como foi o último treino.

Deixe seu comentário