Futebol

Clayson pega conselho com goleiros do Corinthians para melhorar o chute

Tiago Salazar - São Paulo , SP
02/04/2019 15:08:24 — 02/04/2019 19:04:45

Em: Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Corinthians, Escolha do editor, Futebol, Notícias

Clayson foi o grande nome do Corinthians desde que o Campeonato Paulista se afunilou na fase de mata-mata. Nas quartas de final, o atacante foi responsável pelos dois gols do time em cima da Ferroviária, antes de Cássio se consagrar nas penalidades. Domingo passado, contra o Santos, Clayson sofreu a falta que originou o gol de Manoel e anotou o segundo tento corintiano na Arena.

Apesar da boa fase e do belo chute no clássico alvinegro, sem chances para Vanderlei, Clayson admitiu nessa terça-feira que ainda precisa perfeiçoar suas finalizações. Antes da semifinal, apenas o São Bento havia sofrido com um arremate do camisa 25.

Clayson marcou seu primeiro gol na Arena em 2019 justamente no clássico (Foto: Sergio Barzagui/Gazeta Press)

“É algo que eu procuro evoluir. Acho que é uma das principais coisas que procuro evoluir. Quando a gente faz o treino no CT eu sou sempre um dos que mais finaliza bem, mas nos jogos, você com a perna cansada, é diferente”, explicou, revelando até um papo com os goleiros do Timão.

“Os goleiros vinham falando para eu driblar e acerta o gol, deixar a responsabilidade para eles. Às vezes você faz com a perna descansada, é totalmente diferente a intensidade do chute. Eu procuro trabalhar bastante. Se eu conseguir melhorar vai acrescentar muito na minha carreira”.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Para muitos, inclusive o técnico Fábio Carille, Clayson recuperou o futebol que o fez titular do Corinthians no título do Campeonato Brasileiro de 2017. Depois de um 2018 bastante prejudicado por problemas particulares e lesões, o jogador usou até o período de férias para reagir.

“Eu acho que não mudou só dentro de campo. Quando você está bem em casa, com a cabeça boa, 100% focado, está com a cabeça no serviço, é importante. Mas, em termos de preparação, eu venho fazendo as mesmas coisas. Claro que nas férias eu me preparei um pouco melhor, porque eu sabia o que tinha feito ano passado e que tinha que estar melhor nesse ano”, concluiu.

 

Ads – Rodapé Posts




×
Quer receber notícias do Corinthians?