Cássio quer Corinthians "brigando entre os primeiros" no Brasileirão e destaca garotos da base

São Paulo, SP

13-06-2022 06:00:10

O Corinthians é vice-líder do Campeonato Brasileiro. No sábado, o time venceu o Juventude por 2 a 0, mas viu o rival Palmeiras também triunfar na rodada e reassumir a ponta da tabela. Com isso, o time segue focado no objetivo de manter-se no pelotão da frente na competição. Para o goleiro Cássio, os reais candidatos ao título só serão definidos na reta final e, assim, a meta é manter-se vivo na disputa.

Após o duelo diante do Juventude, o goleiro do Corinthians avaliou os potenciais adversários pelo título.

"Ficar nesse grupo da frente, independente das equipes que tem, o Palmeiras, o Atlético-MG é forte, agora o Flamengo teve uma troca de treinador. Entre as equipes que sempre aparecem, que tem um repertório muito bom. É um campeonato difícil e acho que o importante é nós ficarmos aí, brigando entre os primeiros, não deixar ficar longe desse grupo aí, porque, no meu ponto de vista, nas últimas dez rodadas a gente vai ter uma ideia de quem vai brigar mais pelo título", disse Cássio.


Nas últimas rodadas, o desempenho do Alvinegro foi alvo de críticas, principalmente na derrota por 1 a 0 diante do Cuiabá. Para o capitão, no entanto, o time está evoluindo e, no último sábado, conseguiu controlar a partida.

"Difícil falar sobre atuação. Voltamos a ganhar (diferente) da última. A gente perdeu, agora ganhou. Mas acho que há evolução, a gente fez um jogo seguro", avaliou. "Fez gol logo no começo, controlou as ações. Acho que não teve nenhum chute, fora o gol que estava impedido, alguma ação, bolas de alto grau de defesa. Acho que controlou bem o jogo. Quando o Juventude quis crescer no jogo, conseguiu se manter bem no jogo e, quando se encaminhou para a reta final, o Corinthians foi feliz, o Mantuan acertou um belo chute e conseguiu fazer o segundo", concluiu.

Garotos decidindo

Apesar da chegada de medalhões badalados, quem roubou cena até aqui na temporada foram os jovens da base. Contra o Juventude, Adson abriu o placar e, já no final, Mantuan fechou a conta.

Cássio revelou o papel importante dos jogadores mais velhos na consolidação dos jovens talentos, mas crê que Vitor Pereira é o grande responsável pelo bom momento vivido dos garotos.

"A gente está aqui para dar suporte. Lógico que é o treinador que escala, ele que organiza e a gente tem total confiança nele e respeita. Sobre os meninos, acho que é muito mais mérito dele. A gente está aqui para dar suporte, assim quando eu cheguei, que eu era novo, de 23 para a 24 anos", contou o goleiro.

"Vejo os meninos em uma safra muito boa do Corinthians. O que acho que diferencia desses meninos é: muitas vezes o Mantuan faz o gol, o Du vai muito bem, o Adson e o no dia seguinte eles estão prontos para treinar, para treinar. Então, não é como se diz, no termo futebolístico, que sobe para a cabeça", completou.

Deixe seu comentário