Gazeta Esportiva

Carille "ganha" Kazim e deve mexer no time para encarar o Palmeiras

Tomás Rosolino - Osasco,SP

19/02/17 | 08:01

Corinthians provavelmente terá mudanças na formação titular contra o Palmeiras

Corinthians provavelmente terá mudanças na formação titular contra o Palmeiras (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)
Corinthians provavelmente terá mudanças na formação titular contra o Palmeiras (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

O Corinthians conseguiu derrotar o Audax por 1 a 0 fora de casa na tarde do último sábado, mas o triunfo não será garantia de titularidade para aqueles que participaram da partida. Contente com o desempenho apresentando tanto em Osasco quanto em Itaquera no meio da última semana, contra o Novorizontino, Carille não assegurou a presença de nem um atleta no Derby de quarta, às 21h45 (de Brasília), pela quinta rodada do Paulista.

"Podem aparecer jogadores que não jogaram nem um dos dois jogos", avisou o comandante, que não teve Jô no duelo frente ao Audax, mas viu Kazim chamar a responsabilidade ao marcar o único gol da vitória. Fã do futebol de ambos atletas, o treinador fez questão de exaltar a participação dos dois dentro de campo, mas não vê uma formação que tenha a dupla em campo.

"Acho muito difícil, teria que ter um tempo de trabalho para fazer um 4-4-2, mas, como eu não tenho tempo de trabalho para fazer isso, acho muito difícil, explicou o comandante, que deixou claro sua preferência pela escalação de Jô no clássico apesar do bom desempenho de Kazim.

"A última partida do Jô foi em julho do ano passado. Ele pediu para sair, em conjunto com o departamento médico e físico preferimos deixar ele treinando um pouco mais com bola para chegar em uma melhor forma", comentou o treinador, que nem sequer levou Jô para o grupo que atuou em Osasco.

Além da função de centroavante, outro setor que deve ter modificações é o meio-campo. Camacho, que jogou bem na sua chance como titular, acabou sentindo o cansaço, assim como Fellipe Bastos fez nas outras vezes em que atuou. O garoto Maycon, que disputou o Sul-Americano sub-20 com a Seleção, aparece como terceira opção no setor.

Na lateral esquerda, Guilherme Arana compete com Moisés para saber quem ganhará a preferência do técnico. Nas pontas, Marlone provavelmente retorna, deixando aberto o outro posto entre Romero, Léo Jabá ou até mesmo Giovanni Augusto, já em fase final da transição do departamento médico para a parte física.

A definição sobre o tema, porém, só sairá no trabalho da tarde de terça-feira, véspera da partida. O grupo de atletas se reapresenta na segunda pela manhã, mas os titulares realizarão apenas um trabalho regenerativo, trabalhando com bola no dia seguinte.

Deixe seu comentário