Diego Costa deixa casa que morava em Londres e desagrada dono do Chelsea

São Paulo, SP

22-08-2017 17:00:13

Campeão inglês na última temporada, Diego Costa não quer permanecer treinando no Chelsea (Foto: JustinTallis/AFP)

Já liberado pelo técnico Antônio Conte, Diego Costa sabe que seu futuro não será mais no Chelsea. Por isso, mesmo sem ter assinado com um clube para a próxima temporada, o atacante já não está mais no endereço que morava, perto do CT do clube inglês, situação que desagradou o presidente dos Blues, Roman Abramovich, segundo informações do jornal espanhol “AS”.

Mesmo com a saída eminente, o dirigente russo não quer dar o "braço a torcer", e exige que o atleta continue treinando pelo clube inglês até que um time adquira os direitos do espanhol. Mesmo com boas atuações pelo Chelsea nas últimas temporadas, o atacante brasileiro naturalizado espanhol se desentendeu diversas vezes com o comandante e por isso foi considerado peça descartável no elenco dos Blues.

Desde que a "novela" entre o jogador e o técnico foi divulgada na mídia, Diego Costa sofreu algumas críticas de personalidades do mundo do futebol, entre elas do antigo desafeto de Neymar, o volante Joey Barton, que afirmou que o espanhol estava fazendo corpo mole para ser demitido e poder assinar com o Atlético de Madrid. Curiosamente, o inglês está suspenso por 18 meses pela Federação Inglesa de Futebol por desrespeitar a regra que proíbe participação de atletas em jogos de azar.

Pelo Chelsea, Diego participou de 126 jogos e marcou 59 gols, uma ótima média de um tento a cada duas partidas. Além dos bons números, o atacante conquistou a Copa da Liga Inglesa e duas vezes, o Campeonato Inglês, nas temporadas 2014/2015 e 2016/2017. Já pela seleção espanhola, o jogador tem 16 partidas e 6 gols marcados e estava no grupo que decepcionou na Copa do Mundo no Brasil, quando os campeões mundiais foram eliminados ainda na fase de grupos.

 

Deixe seu comentário