Americano Todd Boehly assume como novo presidente do Chelsea

AFP - São Paulo,SP

22-06-2022 12:40:59

O empresário americano Todd Boehly, que comprou o Chelsea com um consórcio de investidores no fim de maio, foi nomeado nesta quarta-feira como presidente e diretor esportivo interino do clube, de onde está de saída a influente dirigente russa Marina Granovskaia. A informação foi veiculada pelos Blues por meio de comunicado.

Todos os membros do consórcio liderado por Boehly e o fundo de investimentos Clearlake Capital integram a administração do time, vendido pelo milionário russo Roman Abramovich após sanções do governo britânico por conta da invasão da Ucrânia pela Rússia.

Entre eles estão Behdad Eghbali e Jose Feliciano, diretores do Clearlake; Mark Walter, sócio de Boehly no time de beisebol Los Angeles Dodgers; o magnata suíço Hansjörg Wyss e o milionário britânico Jonathan Goldstein.

Uma das primeiras tarefas, e não a mais simples, será substituir Marina Granovskaia, que chegou com Abramovich em 2003. Durante os 19 anos sob controle do russo, período em que o Chelsea foi campeão de tudo, ela foi uma negociadora temida no mercado de transferências, no qual a equipe foi muito ativa.

E o Chelsea, que por enquanto só registrou a saída de jogadores, terá que ir às compras nesta janela. Terceiro colocado do último Campeonato Inglês, o clube londrino pode perder também o atacante belga Romelu Lukaku, que não brilhou este ano e que deve voltar à Inter de Milão.

Entre os rumores sobre possíveis contratações estão o zagueiro francês Jules Koundé, do Sevilla, seu compatriota Ousmane Dembélé, atacante do Barcelona, e o inglês Raheem Sterling, que joga como ponta no Manchester City.

Deixe seu comentário