Zagueiro Neto e viúvas do acidente da Chapecoense protestam em Londres

São Paulo, SP

30-09-2019 12:31:12

Ao lado de viúvas de atletas que faleceram na tragédia da Chapecoense, o zagueiro Neto protestou nesta segunda-feira em frente às sedes da corretora de seguros Aon e da seguradora Tokio Marine Kiln, em Londres. A cobrança se deve ao não pagamento das indenizações pela queda do avião em 2016.

Na manifestação, estiveram presentes as viúvas de Felipe Machado, Thiego, Gil e Bruno Rangel. As mulheres, assim como Neto, vestiam camisas que homenageiam as vítimas da tragédia aérea que vitimou 71 pessoas.

Por meio de sua conta do Instagram, a viúva de Felipe Machado, Aline Machado, afirmou: "Acreditamos que houve muitos erros na contratação dos seguros. Ainda não fomos indenizados, ofereceram uma ajuda humanitária".

 

Ver essa foto no Instagram

 

Pelas 71 famílias! #verdadesereparações

Uma publicação compartilhada por Aline Machado (@alineppm) em

Ao falar sobre a ajuda humanitária, Aline deu a palavra a Val Paiva, viúva de Gil, que explicou a situação: "Essa ajuda simplesmente exclui cinco ou mais empresas responsáveis nessa sucessão de erros para que o acidente viesse a acontecer. E essa ajuda faz a gente abrir mão dos nossos direitos. É uma falsa ajuda, muito abaixo do valor da apólice. Estamos em busca da verdade e reparações".

Em Chapecó, também ocorreram manifestações sobre o caso. Por meio das redes sociais, a Chapecoense ressalta a luta por "verdades e por justiça".

Deixe seu comentário