Futebol/Campeonato Brasileiro

Presidente da Chape não banca Ney Franco e cita “correção de caminho”

São Paulo , SP
22/07/2019 23:16:58

Em: Brasileiro Série A, Chapecoense, Futebol, Notícias

Após a goleada sofrida pela Chapecoense frente ao São Paulo por 4 a 0 nesta segunda-feira, o presidente do clube catarinense, Plínio David de Nes Filho, deu entrevista dura no Morumbi e sinalizou importantes mudanças para o restante da temporada.

Questionado sobre uma possível demissão do técnico Ney Franco, o mandatário respondeu: “Não, não é apenas isso, quem sabe mais outras coisas possam acontecer. Mas tem que fazer uma avaliação disso, eu não sou o único a fazer esta avaliação, tem uma equipe toda que fará esta avaliação para ver qual o caminho que a gente deve tomar”.

(Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

“Mas evidentemente que a gente vai procurar uma correção de caminho, isso não tenha nenhuma dúvida, porque nossa trajetória está com muitos pedregulhos e não é por aí”, completou.

Plínio também fez uma breve análise da equipe, que após levar o 0 a 0 para o vestiário, levou quatro gols na segunda etapa. “O time jogou bem no 1º tempo, no 2º em 10 minutos tivemos uma total desconcentração e ficamos devemos. É uma situação realmente difícil, nós temos que analisar com muita profundidade quando chegarmos em casa”, analisou.

“Hoje (segunda-feira) não adianta tomar uma decisão porque tomar decisão precipitada leva a uma dificuldade maior num futuro próximo, então vamos com calma”, explicou o presidente.

A Chapecoense é a 18ª colocado do Campeonato Brasileiro, dentro da zona do rebaixamento, com apenas oito pontos somados. Após a parada para a Copa América, a equipe ainda não conseguiu pontuar, com derrota em casa para o Atlético-MG e a goleada desta segunda-feira.