Futebol

Denunciado por “gato”, lateral da Chape pega suspensão de 180 dias

São Paulo , SP
08/07/2019 19:52:05

Em: Chapecoense, Goiás, Ponte Preta
Lateral-esquerdo da chape pega gancho de seis meses (Foto: Márcio Cunha/Chapecoense)

Punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com unanimidade de votos, o lateral-esquerdo Ernandes ficará seis meses sem atuar. A denúncia feita em 2018, quando ele atuava pelo Goiás, alegando a utilização de documentos falsos, nos quais o atleta teria adulterado o ano de seu nascimento. Além do “gancho”, o jogador da Chapecoense terá que pagar uma multa de R$ 5 mil.

Em nota publicada no site oficial, o STJD se pronunciou sobre a origem do caso: “O STJD tomou conhecimento da infração disciplinar após recebimento de notícia de infração da Ponte Preta contra o Goiás alegando irregularidades na documentação do atleta Ernandes, transferido na época para o clube de Campinas.”

Na época da denúncia, a Ponte Preta pedia a perda de pontos do Goiás na Série B. O time de Campinas terminou a competição em quinto lugar e, no caso de punição ao Alviverde, poderia sair beneficiado.

Ernandes foi contratado pela Chapecoense em abril deste ano, após não renovar com o Goiás. O clube catarinense ainda pode entrar em recurso pela decisão do tribunal, o que leva o caso a julgamento pleno.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com