Mufarrej explica posicionamento mesmo diante de crise financeira

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

10-05-2020 17:31:11

O Botafogo entrou em polêmica com a Federação ao não assinar o documento que pede o retorno das atividades presenciais nos clubes. O presidente Nelson Mufarrej falou sobre o posicionamento do clube neste momento de combate a pandemia de coronavírus.

"O Botafogo tem essa posição firme, o futebol pode esperar. O retorno tem que ser orgânico. Eu respeito a atitude dos outros clubes, mas a responsabilidade dos dirigentes é muito grande. Não tem como fazer treino presencial agora, até que as autoridades venham e comprovam efetivamente que não haveria problema. Não queremos ser taxados amanhã de irresponsáveis. Estamos atravessando um problema sério no Rio de Janeiro, não sabemos a que proporção vai chegar, uns dizem que pode chegar a mil mortes por dia", disse à Rádio Globo.

Mufarrej lembrou que o Botafogo vive situação financeira delicada, mas ressaltou a importância de não colocar em risco os jogadores: Houve uma perda muito grande de patrocínios, ainda não recebemos a quarta parcela da Globo do Carioca, por exemplo, isso tudo tem atingido muito os times. Não estamos contentes com isso, é claro. Mas não é porque estamos precisando de receita que vamos colocar nossos jogadores e comissão técnica em xeque. Temos que tomar cuidado com essa ansiedade para não acontecer coisas piores. Os clubes precisam de recursos, é evidente", declarou.

O elenco do Botafogo vem treinando de forma virtual e só vai pensar em um retorno presencial após a liberação das autoridades cariocas. A diretoria alvinegra já adiantou que tem um protocolo caso o Governo permita os trabalhos no Nilton Santos.

Deixe seu comentário