Presidente do Bayern ameaça boicote à seleção caso Ter Stegen assuma posição de Neuer

São Paulo, SP

25-09-2019 09:18:01

A disputa entre Ter Stegen e Manuel Neuer pela titularidade da seleção alemã está acirrada, e inclusive já extrapolou as quatro linhas. Presidente do Bayern de Munique, Uli Hoeness ameaçou boicotar a equipe nacional caso o arqueiro campeão do mundo em 2014 perca sua posição no onze inicial.

De acordo com Hoeness, o Bayern de Munique deixará de ceder jogadores para a seleção alemã caso o técnico Joachim Low opte por Ter Stegen, do Barcelona, no lugar de Manuel Neuer, do clube bávaro.

"Antes que isso aconteça, não vamos mais mandar jogadores para a seleção. Nunca aceitaremos que haja uma mudança", disse, em declarações ao jornal alemão Bild.

Por outro lado, Oliver Bierhoff, gerente da seleção alemã, não se mostrou preocupado, uma vez que está respaldado pelas regras da entidade máxima do futebol.

"Não (temos receio), pois um clube é obrigado a liberar seus jogadores para confrontos internacionais segundo as regras da Fifa", afirmou.

Esse é só mais um capítulo da novela envolvendo Ter Stegen e Neuer. Na última data Fifa, no início de setembro, o arqueiro do Barcelona declarou que "dá o melhor, mas não está onde quer". O goleiro do Bayern, por sua vez, criticou as declarações do colega, dizendo que "a discussão não é justa" e "não é boa para o grupo".

Deixe seu comentário