Koeman deve seguir no Barça, mas presidente do clube faz duas exigências

São Paulo, SP

02/06/21 | 13:01

O técnico Ronald Koeman deve continuar no comando do Barcelona para a próxima temporada. No entanto, o presidente do clube, Joan Laporta, impôs duas condições para a permanência do holandês. A informação é da rádio espanhola Cadena SER.

A primeira condição para permanência, que deve ser oficializada na sexta-feira, diz respeito à formação do time em campo. Laporta exige que Koeman escale a equipe em um 4-3-3. O técnico utilizou um esquema tático de três zagueiros em 19 partidas da temporada 2020/21 – algo que não agrada ao presidente.

A segunda exigência do mandatário tem relação com o tipo de futebol praticado. Laporta deseja que o Barça jogue de forma mais ofensiva e atrativa para a torcida.

Por fim, existe a possibilidade de uma redução salarial de jogadores e do técnico. Para compensar, haveria mais bônus por metas alcançadas durante a próxima temporada.

Sob o comando de Koeman, o Barcelona, 3º colocado do Campeonato Espanhol, disputou 54 partidas na temporada 2020/21 – venceu 35, empatou oito e perdeu 11. A equipe catalã, que foi eliminada nas oitavas de final da Liga dos Campeões para o PSG, conquistou a Copa do Rei contra o Athletic Bilbao.

Deixe seu comentário