Armero revela que torcida foi fundamental para sua ida ao Bahia

São Paulo, SP

24/12/16 | 10:00

Ex-palmeirense foi anunciado pelo Tricolor Baiano nesta sexta-feira (Foto: Divulgação/ ECB)
Ex-palmeirense foi anunciado pelo Tricolor Baiano nesta sexta-feira (Foto: Divulgação/ ECB)

Um dos jogadores mais carismáticos dos últimos tempos no futebol brasileiro se transferiu para um clube em que a torcida também é marcada pelo carisma. E a relação entre os dois tem tudo para dar certo. Pablo Armero, o criador do "Armeration", foi anunciado oficialmente pelo Bahia nesta sexta-feira e disse que a "massa" tricolor foi fundamental em sua escolha.

"Uma coisa que gostei e que me falaram: a torcida é muito boa. Sempre está apoiando, ajudando para vencer. E a seriedade do time. Assim a gente pode render mais e dar cada dia mais talento", declarou o colombiano.

Veja também: Juninho, do Bahia, pode ser novo reforço do Botafogo para 2017

Em sua terceira passagem pelo futebol brasileiro, depois de defender o Palmeiras entre 2009 e 2010 e o Flamengo em 2015, o lateral esquerdo também exaltou a confiança da diretoria baiana e mostrou muita vontade de conquistar títulos com o Esquadrão de Aço.

"A confiança que todo mundo deu para mim. É muito importante. É uma nova experiência. Espero estar aqui muito contente com o time, com todo mundo. Vencer qualquer coisa aqui.", disse o atleta de 30 anos. "Espero [que a torcida], rapidamente, me queira pelo meu futebol, minha capacidade, minha vontade de vencer. Estou muito agradecido pela oportunidade. Espero dar o melhor de mim", completou.

Conhecido pelas danças descontroladas ao comemorar gols, o "Armeration", tanto no Palmeiras, inclusive em um clássico contra o Santos, quanto na disputa da Copa do Mundo de 2014, defendendo a seleção colombiana, Armero prometeu manter a alegria na hora das comemorações.

"O primordial, que a torcida tem que entender, é que sou jogador que gosto de vencer. Tenho muita responsabilidade. Isso é o primordial. Comemoração eu gosto, porque futebol é alegria. Quando fazemos gol, gosto de comemorar", finalizou.


Deixe seu comentário