Após alcançar G4, Soares diz confiar no trabalho com garotada do Bahia

São Paulo, SP

02-09-2015 15:08:05

Apesar do aproveitamento beirando os 60% no Campeonato Brasileiro da Série B e da invencibilidade mantida dentro de casa na competição, após a vitória por 3 a 2 sobre o CRB na última terça, que recolocou o time no G4 da tabela, o técnico Sérgio Soares sofre com a pressão da torcida. Minimizando as críticas do torcedor, o comandante confia no trabalho que vem sendo feito no Bahia e no intercâmbio com a base.

Criticado na Fonte Nova na noite da última terça, Soares reconhece que o time sofreu um apagão no segundo tempo contra o rival alagoano, mas valorizou os três pontos. “Estávamos vencendo por 2 a 0 com tranquilidade, de repente o jogo mudou, o adversário empatou e o torcedor ficou aflito, achou alguém para pegar no pé, no caso eu. O importante foi os três pontos e a volta ao G4”, disse em coletiva.

“Fizemos um bom primeiro tempo e até os 20 do segundo tempo estávamos bem. Quando tomamos o gol, a equipe se desestruturou, e aí o empate foi consequência disso. Se tomamos o gol, precisamos manter o equilíbrio, não caiu o mundo. Mas paramos de fazer isso e demos chance ao adversário”, ponderou. “Mas estou muito tranquilo sabendo que estou fazendo o melhor para o Bahia conseguir o acesso”, completou.

Além de conquistar a torcida, outro desafio latente no trabalho de Sérgio Soares é lidar com a revelação de jovens atletas, aposta que foi comprada também pela atual diretoria do clube. “Estamos aí desde o início do ano fazendo um grande trabalho. Já usamos 15 atletas da base, no jogo contra o CRB começamos com seis. Tenho muita tranquilidade no trabalho, na filosofia que compartilho com a diretoria”, apontou.

Com o próximo jogo marcado para a sexta-feira, contra o Paraná, o Bahia só reencontrará a Fonte Nova na terça, quando receberá o Macaé. E Sérgio Soares já espera uma boa recepção do torcedor. “Temos que fazer o torcedor vir para o nosso lado trabalhando, fazendo nosso melhor no campo de jogo, isso que vai fazer a gente trazer o torcedor. Temos que unificar as forças nessa reta final da competição, o torcedor precisa estar do nosso lado, estamos em uma situação muito boa no campeonato”, valorizou.

Com o enfrentamento direto entre o rival Vitória e o líder Botafogo na próxima rodada, o Bahia foca em conquistar os três pontos fora de casa contra o Paraná para chegar aos 41 e se manter entre os quatro primeiros da tabela.

Deixe seu comentário