Futebol/Campeonato Paranaense

Claudinei defende preparação e quer responder com vitórias

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba , PR -
07/03/2015 21:52:00

Em: Atlético-PR, Campeonato Paranaense, Campeonatos, Campeonatos Estaduais, Futebol, Região Sul

Duas partidas com a equipe principal no Campeonato Paranaense, apenas um ponto somando e nenhum gol marcado. Foi o suficiente para o torcedor do Atlético-PR protestar após o empate sem gols diante do JMalucelli, na Arena da Baixada. O técnico Claudinei Oliveira lamentou as chances desperdiçadas, especialmente nos 45 minutos iniciais, e culpou a ansiedade pela falta de bola na rede.

“A gente tem que fazer os gols. Nas duas partidas, criamos algumas chances, não foram muitas, mas não fomos felizes na finalização. No primeiro tempo. tivemos controle total, já no segundo, o gol não vai saindo, a temperatura no estádio vai subindo, os jogadores tentam apressar, e quase sofremos o gol. Quase saímos com uma derrota que não dá nem para imaginar no que acarretaria”, disse o treinador, que ainda lembrou a força do líder Jotinha. “Estamos treinando, trabalhando, e acho que a equipe do JMalucelli é bem organizada, tem que dar o mérito”, acrescentou.

O treinador defendeu a pré-temporada realizada fora do país, optando por mais jogos do que treinos, assim como a decisão de entrar com o Estadual em andamento. “A questão da Espanha foi muito boa, pelos resultados, pelos adversários qualificados. A questão da entrada no campeonato foi decida quando chegamos e tem o lado positivo e o negativo. Você está expondo a equipe e, se precisar corrigir algumas coisas, corrige. Vamos jogar dia dois de abril pela Copa do Brasil e, uma surpresa que poderíamos ter lá, estamos tendo agora”, avaliou.

O técnico Claudinei Oliveira lamentou o empate sem gols com JMalucelli (Foto: Gustavo Oliveira)
O técnico Claudinei Oliveira lamentou o empate sem gols com JMalucelli (Foto: Gustavo Oliveira) – Credito: Divulgação/Atlético-PR

Sobre as críticas do torcedor, que vaiou o time durante a partida, algo raro na Arena, Claudinei acredita que só com resultados poderá reverter a situação, a começar por quarta-feira, diante do Operário, em Ponta Grossa. “Só com vitórias podemos dar essa resposta e mostrar a evolução com tranquilidade. Não temos medo da cobrança. Nosso grupo passou por isso no Brasileiro e deu a volta por cima. Vamos buscar essa melhora”, concluiu.