Presidente do Atlético-MG explica vazamento de informações de relatórios

São Paulo, SP

30-10-2020 11:00:45

Nesta quinta-feira a Tv Galo, canal oficial do Atlético-MG no YouTube, publicou uma entrevista com Sérgio Sette Câmara. Além de comentar sobre o momento atual da equipe e a construção da Arena, o presidente do clube esclareceu alguns assuntos que viraram notícia em Minas Gerais nos últimos dias, como o vazamento do relatório da Kroll, que expôs possíveis irregularidades na gestões anteriores.

"A documentação que vazou era um relatório preliminar. A Kroll primeiro faz um levantamento base em cima da documentação que foi encontrada no clube, disponibilizada por nós. E o Atlético era, sim, muito desorganizado nesse aspecto. Então, após esse primeiro relatório, o clube faz uma análise e trata o relatório de maneira a tirar dali aquilo que efetivamente não faz nenhum sentido. Depois é gerado um relatório final, que eu, inclusive, já entreguei para os conselhos deliberativo, fiscal e de ética. A gente lamenta que esse tipo de coisa (vazamento) aconteça, é uma irresponsabilidade muito grande, e estamos buscando apurar o que de fato aconteceu".

O vazamento foi motivo de descontentamento no clube. Às vésperas de mais uma eleição, o Atlético vive um bom momento em campo e o planejamento tem sido visto como um sucesso. A notícia não caiu bem, mas o presidente fez questão de minimizar e explicar o que estes dados vazados querem dizer.

"É preciso lembrar e enfatizar que essas auditorias não têm o condão de caça às bruxas de quem quer que seja. Eu, inclusive, estou no relatório. A questão é de aprender com o que aconteceu no passado pra não continuar errando, criar mecanismos de controle no clube, e isso estamos implementando. O Atlético de hoje tem uma administração extremamente controlada. Mais do que isso, claro, se detectarmos alguma irregularidade, vamos buscar as reparações devidas ao clube".

Deixe seu comentário