Presidente do Atlético-MG admite torcer contra o Flamengo

São Paulo, SP

03-12-2020 14:16:58

Postulantes na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, Atlético-MG e Flamengo viram a rivalidade crescer, principalmente neste ano. E esse sentimento perpassa até mesmo para os dirigentes, com o presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, admitindo que torce contra o time da Gávea, mesmo quando a partida não afeta seu clube.

Em entrevista à rádio Rádio da Massa, o mandatário da equipe mineira disse que gostou de ver os cariocas sendo eliminados, primeiro, na Copa do Brasil, para o São Paulo, e, mais recentemente, na Libertadores, para o Racing. "Na verdade, torço contra mesmo e adorei ver o Flamengo se lascando. Pronto", afirmou Sette Câmara.

(Foto: Bruno Cantini/Atlético)

"No ano passado, ganhamos uma e perdemos outra (no Brasileirão). Neste ano ganhamos as duas partidas deles, sendo uma de goleada. Estão fora da Copa do Brasil, fora da Libertadores, é nosso grande adversário no cenário nacional", acrescentou o mandatário atleticano.

Para sustentar essa tese de rivalidade, ele até mesmo relembrou a polêmica arbitragem de Zé Roberto Wright na semifinal da Libertadores de 1981 entre as equipes, na qual cinco jogadores do Galo foram expulsos e o Flamengo passou para a decisão, sendo o eventual campeão contra o Cobreloa.

Sette Câmara está entrando em seus últimos dias à frente do Atlético-MG, já que no próximo dia 11 há eleições no clube para um novo presidente. Ele decidiu não se reeleger e seu candidato de sucessão é Sérgio Coelho.

Deixe seu comentário