São Silvestrinha tem destaques sub-17 e lenda do atletismo no Ibirapuera

Tomás Rosolino e Guilherme Serrano - São Paulo , SP
22/12/2018 18:07:33 — 22/12/2018 21:20:47

Em: Atletismo, Escolha do editor, Mais Esportes, São Silvestrinha
(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

A 25ª edição da São Silvestrinha foi realizada na tarde deste sábado na pista do Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, no Ibirapuera, em São Paulo. Promovida pelo site Gazeta Esportiva, a prova reuniu quase mil crianças e adolescentes com idades entre 6 e 17 anos, com direito a grandes destaques no sub-17 e a presença de uma lenda do atletismo brasileiro na premiação: José João da Silva, bicampeão da Corrida Internacional de São Silvestre.

Com muitas caravanas de cidades localizadas até em outros estados, o primeiro quarto de século da prova rendeu muita felicidade e disputa intensa nas categorias entre 6 e 13 anos, onde não há determinação de pódio. Com 60, 80 e 100m para percorrer, a garotada demorava a baixar a adrenalina após a linha de chegada e rendia algumas cenas engraçadas para quem acompanhava. “Calma, gente, terminou”, pediam os organizadores.

A manifestação efusiva das crianças ecoava nas arquibancadas, lotadas pelas famílias e treinadores dos jovens. “Eu nunca tive a oportunidade de disputar uma prova assim. Vim correr no Ibirapuera só aos 18 anos”, recordou José João da Silva, aclamado a cada vez em que subiu ao pódio para entregar as medalhas. “Essa garotada tem uma chance de ouro”, continuou, intercalando falas e pedidos para fotos dos presentes.

(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Nas categorias com pódio, o destaque ficou para a categoria de atletas com 17 anos. Implantada no ano passado para que as crianças pudessem correr os 800m, prova olímpica, ela foi palco para a disputa mais acirrada e a performance individual mais elogiável de todo o evento.

Jackelyne dos Santos Paraíso Gonçalves, ou Jacke, como a chamavam na sua equipe em Ilhabela, praticamente desfilou pela pista. Com passada firme e a serenidade de quem parecia veterana, venceu o feminino com um tempo na casa dos 2:37, quarenta segundos à frente da segunda colocada. Ela já dava entrevista explicando seu desempenho quando a última competidora cruzou a linha de chegada.

“Eu gosto muito de correr”, resumiu a atleta, aplaudida por todos pela dominação. Contrastando com isso, Eduardo Ferreira, João Paulo Garcia e Lucas Silva foram separados por apenas quatro segundos na versão masculina da prova. Melhor para Ferreira, que ergueu os braços ao cruzar a linha de chegada com 2:02 no cronômetro.

Marcada pela cordialidade entre os atletas, que fizeram questão de se cumprimentar na saída da pista e no pódio, a corrida encerrou o dia de competições para a São Silvestrinha. “Vamos ver se daqui a pouco um deles não aparece na São Silvestre. O nome já está aí”, projetou José João.

Idealizada pelo superintendente da Gazeta Esportiva, Júlio Deodoro de Souza, a São Silvestrinha nasceu em 1994 como proposta de ser a versão infanto-juvenil da mais importante prova de rua da América Latina, a Corrida Internacional de São Silvestre.

Veja os vencedores das três principais categorias da São Silvestrinha:

Feminino:

14 anos:
1º – Sara Cavalcante de Jesus – Obra Social Dom Bosco
2º – Ana Júlia Lazari – Projeto Artevida
3º – Kaylaine Moreira – Projeto Pé de Vento

15 anos:
1º – Laysa Souza da Cruz – Projeto Artevida
2º – Giovanna Costa Mattos de Oliveira – Prefeitura de Ilhabela
3º – Kaelane Ramos – Papalégua

16 anos:
1º – Maria Fernanda Gomes de Oliveira – Unimed de Umuarama
2º – Maisanara Fonseca da Silva
3º – Tayna Cristina de Oliveira

17 anos:
1º – Jackeline dos Santos Paraíso – Associação de Ilhabela
2º – Isabella Vitória dos Reis – SBAtletismo
3º – Larissa Cristina Silva – JL Assessoria Esportiva

Masculino:

14 anos:
1º – Ygor Geremias de Paula – Projeto do Amanhã Poços de Caldas
2º – Kayky Alexandre Ribas – Obra Social Dom Bosco
3º – Luiz Fernando Gregório – Projeto Artevida

15 anos:
1º – Paulo Henrique Alves Stel – Unimed de Umuarama
2º – Luis Fernando Ferreira dos Santos – Afepool
3º – Johnatan Wallace de Almeida – Força Máximo

16 anos:
1º – Vitor Sousa Aguiar – Prefeitura de Ilhabela
2º – Robson Eduardo da Silva – Projeto do Amanhã – Poços de Caldas
3º – Thiago Antonio Cândido – Projeto do Amanhã – Poços de Caldas

17 anos:
1º – Eduardo Henrique de Sá Ferreira – Assem/São José
2º – João Paulo Garcia – Centrallar
3º – Lucas Augusto Silva – Clube Espéria