Experientes, Garay e Natália falam sobre preparação do vôlei feminino e expectativa para Tóquio

São Paulo, SP

20-07-2021 11:22:22

As jogadoras Fernanda Garay e Natália Pereira concederam entrevista coletiva nesta terça-feira, ao lado do técnico da Seleção Feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, que analisou os adversários do Brasil nas Olimpíadas. As atletas comentaram sobre o time brasileiro e citaram a importância da presença de nomes mais experientes nos Jogos de Tóquio.

Garay, de 35 anos, acredita que não é fácil comparar o atual time com os anteriores. Segundo a ponteira, “a cada ciclo é um grupo diferente, é difícil achar aspectos comparativos. O que é bem parecida é a vontade de ganhar e de conquistar uma medalha olímpica.”

Fernanda e Natália, que foram ouro em Londres há nove anos, também falaram a respeito da expectativa acerca da Seleção Brasileira na competição. Elas entendem que o time não ser apontado como o maior favorito pode ser um ponto positivo.

“Nas Olimpíadas a gente nunca sabe o que vai acontecer. Nem sempre o favorito ganha, então vejo isso como algo positivo”, pontua Natalia.

Garay segue na mesma linha e traça um retrospecto da equipe nas últimas edições: “Acho que chegar aqui como favorito não significa nada. Em 2012, chegamos com uma equipe muito forte e não conseguimos mostrar o nosso voleibol na fase inicial. No Rio, acabou com uma frustração [eliminação nas quartas de final para a China].”

Por fim, Natália entende que a experiência acaba somando para o grupo. “Acho importante a gente ter quatro veteranas na equipe. Jogos Olímpicos são diferentes de qualquer outro campeonato. Ter participado [antes] faz diferença, com certeza. As meninas, mesmo sendo mais novas, estão cientes [da responsabilidade]”, analisa a ponteira de 32 anos.

Segundo ela, a experiência do treinador Zé Roberto também se faz fundamental para a disputa do torneio: “Para a gente, ele é o nosso ponto de referência, um dos melhores técnicos do mundo. Toda essa experiência que ele tem a gente adquire no dia a dia.”

A Seleção Brasileira feminina de vôlei estreia nos Jogos Olímpicos no domingo, às 09h45 (de Brasília), diante da Coreia do Sul. Sérvia, Japão, Quênia e República Dominicana são as outras equipes que integram o Grupo A.

Deixe seu comentário