Gazeta Esportiva |

Na repescagem, Ingrid Oliveira garante presença na Olimpíada do Rio

Em Mais Esportes, Olimpíadas 2016, Olimpíadas Destaque
Publicado em 29/06/2016 23:28:25 Compartilhe
São Paulo , SP
Medalhista de prata no Pan-Americano de Toronto, Ingrid Oliveira é uma das principais promessas dos saltos ornamentais (Foto: Divulgação/CBDA)
Medalhista de prata no Pan de Toronto, Ingrid Oliveira é uma das principais promessas dos saltos ornamentais (Foto: Divulgação/CBDA)

 

Ingrid Oliveira garantiu presença na Olimpíada do Rio de Janeiro na prova individual da plataforma de 10 metros. Nesta quarta-feira, a Federação Internacional de Natação (Fina) enviou à Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) a confirmação de que a saltadora brasileira havia se classificado na repescagem.

Em fevereiro, nas eliminatórias da plataforma feminina da Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, Ingrid Oliveira e Giovanna Pedroso desperdiçaram a oportunidade de garantir a vaga olímpica antecipada no último salto. Até a penúltima rodada, Giovanna e Ingrid estavam na 15ª e 16ª posição, respectivamente, e, portanto, garantidas na semifinal da prova, que incluía as 18 atletas nos Jogos Olímpicos. Na última rodada, porém, Oliveira terminou em 24º e Pedroso em 27º lugar. A chance veio após os países confirmarem ou não suas vagas junto à Fina.

Com apenas 20 anos, Ingrid é uma das principais promessas da seleção brasileira de saltos ornamentais. No ano passado, ao lado de Giovanna Pedroso, de 17 anos, a atleta conquistou a inédita medalha de prata na plataforma sincronizada nos Jogos Pan-Americanos realizados em Toronto.

Com a classificação de Ingrid Oliveira, o Brasil terá nove representantes nas provas de saltos ornamentais. A seleção brasileira contará com César Castro, no trampolim de 3 metros; Hugo Parisi, na plataforma e na plataforma sincronizada; Ian Matos, no trampolim de 3 metros sincronizado; Giovanna Pedroso, na plataforma sincronizada; Jackson Rondinelli, na plataforma sincronizada; Juliana Veloso, no trampolim de 3 metros e no trampolim de 3 metros sincronizado; Luiz Felipe Outerelo, no trampolim de 3 metros sincronizado; e Tammy Galera Takagi, no trampolim de 3 metros sincronizado.

Comente