Motor/ Fórmula 1

Rosberg domina classificatório e faz a pole em Sochi; Massa sai em 15º

São Paulo , SP
10/10/2015 10:07:16 — 10/10/2015 10:38:28

Em: Fórmula 1, Motor
Assim como aconteceu no Japão, há duas semanas, Rosberg bateu Hamilton e cravou a pole para o GP da Rússia (Foto: Andrej Isakovic/AFP)
Assim como aconteceu no Japão, há duas semanas, Rosberg bateu Hamilton e cravou a pole para o GP da Rússia (Foto: Andrej Isakovic/AFP)

Nico Rosberg dominou completamente o treino classificatório para o GP da Rússia e, neste sábado, registrou sua terceira pole position na temporada 2015 da Fórmula 1 e a 18ª na carreira. Após ser o mais rápido no Q1 e Q2, o alemão “voou” nos últimos 12 minutos da qualificação e cravou 1min37s113, 0s320 à frente do companheiro de Mercedes e líder do Mundial, o britânico Lewis Hamilton.

Valtteri Bottas mostrou o bom desempenho da Williams na pista em Sochi e se colocou entre as Mercedes e a Ferrari, com o terceiro lugar, seguido por Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, respectivamente.

Companheiro de Bottas, o brasileiro Felipe Massa decepcionou. O paulista de 34 anos cometeu erros durante o Q2 e sequer avançou para a última etapa do treino classificatório. Portanto, ele será o 15º no grid de largada deste domingo e precisará fazer uma corrida de recuperação para pontuar no campeonato.

Felipe Nasr, da Sauber, conseguiu um lugar melhor que o do compatriota e sairá em 12º, mostrando que pode brigar por pontos na Rússia. Já Marcus Ericsson, parceiro do brasiliense, foi apenas o 17º.

Os motores voltarão a roncar neste domingo, a partir das 8 horas (de Brasília), quando acontecerá a corrida no circuito de Sochi, onde a luta pelo título pode se intensificar. Vice-líder do Mundial, Rosberg buscará diminuir a desvantagem para Hamilton que atualmente é de 48 pontos. No Japão, há duas semanas, o alemão não aproveitou a posição de honra no grid e foi ultrapassado pelo britânico logo na primeira volta em Suzuka.

O treino –

Q1: Após várias alternâncias na liderança, Nico Rosberg cravou definitivamente o melhor tempo a menos de oito minutos para o fim, com a marca de 1min38s343. Valtteri Bottas colocou a Williams no segundo posto, 0s105 atrás do líder, mas à frente de Lewis Hamilton e Sebastian Vettel.

Felipe Massa confirmou o bom desempenho da Williams na pista russa, com o quinto lugar. O outro brasileiro do grid, Felipe Nasr, da Sauber, sobreviveu ao Q1 em sua última volta, terminando em 15º e tirando Fernando Alonso do Q2.

Assim, foram eliminados Alonso, da McLaren, Marcus Ericsson, companheiro de Nasr, e Will Stevens e Merhi, da Manor.

Q2: Logo de cara, Rosberg e Hamilton foram à pista e cravaram os dois melhores tempo, com Rosberg novamente na liderança. Bottas colocou a Williams entre as Mercedes e a Ferrari, com o terceiro posto, seguido por Raikkonen e Vettel, respectivamente.

A decepção ficou por conta de Felipe Massa. O experiente piloto de 34 anos cometeu erros durante suas voltas, escapando da pista, inclusive, não avançou para o Q3 e largará da modesta 15ª colocação em Sochi. Já Nasr, com novo chassi, foi eliminado com o 12º posto, mas apresentou melhorias em sua Sauber. Além dos dois brasileiros, não classificaram o anfitrião Daniil Kvyat, Button e Pastor Maldonado.

Q3: Os pilotos utilizaram os primeiros minutos desta última etapa do treino para aquecer os pneus. Depois disso, Rosberg “voou” na pista e cravou 1min37s113, melhor tempo da qualificação, 0s320 à frente de Hamilton.

Assim como ocorreu no Q2, Bottas voltou a vencer a Ferrari e ganhou a terceira posição, deixando Vettel e Raikkonen com a quarta e quinta colocações, respectivamente.

Veja como ficou o grid de largada para o GP da Rússia de Fórmula 1:

1: Nico Rosberg (ALE/ Mercedes) – 1min37s113
2: Lewis Hamilton (ING/ Mercedes) – 1min37s433
3: Valtteri Bottas (FIN/ Williams) – 1min37s912
4: Sebastian Vettel (ALE/ Ferrari) – 1min37s965
5: Kimi Raikkonen (FIN/ Ferrari) – 1min38s348
6: Nico Hulkenberg (ALE/ Force India) – 1min38s659
7: Sergio Pérez (MEX/ Force India) – 1min38s691
8: Romain Grosjean (FRA/ Lotus) – 1min38s787
9: Max Verstappen (HOL/ Toro Rosso) – 1min38s924
10: Daniel Ricciardo (AUS/ Red Bull) – 1min39s728
11: Daniil Kvyat (RUS/ Red Bull) – 1min39s214
12: Felipe Nasr (BRA/ Sauber) – 1min39s323
13: Jenson Button (ING/ McLaren) – 1min39s763
14: Pastor Maldonado (VEN/ Lotus) – 1min39s811
15: Felipe Massa (BRA/ Williams) – 1min39s895
16: Fernando Alonso* (ESP/ McLaren) – 1min40s144
17: Marcus Ericsson (SUE/ Sauber) – 1min40s660
18: Will Stevens (ING/ Manor) – 1min43s693
19: Roberto Merhi* (ESP/ Manor) – 1min43s804

*Alonso e Merhi foram punidos com a perda de 35 e 20 posições e largarão do último e penúltimo lugares, respectivamente. A sanção ocorreu por conta de ambos terem ultrapassado o limite de troca de motores.

Carlos Sainz Jr. (ESP/ Toro Rosso) – sofreu acidente durante o terceiro treino livre e não tem participação confirmada no GP da Rússia.