Magnussen acredita que Renault salvou sua carreira na Fórmula 1

São Paulo, SP

03-02-2016 14:45:07

A Renault e a empresa petrolífera venezuelana PDVSA, patrocinadora de Pastor Maldonado, não chegaram a um acordo e o piloto venezuelano foi obrigado a se retirar da Fórmula 1. Com isso, Kevin Magnussen assumiu a vaga deixada em aberto e irá guiar no retorno dos franceses como equipe na categoria após atuarem apenas como fornecedor de motores.

Aos 23 anos, Magnussen foi obrigado a ser rebaixado para a reserva na McLaren após a chegada de Fernando Alonso. Foi um ano longe das pistas e o jovem dinamarquês admitiu em entrevista que se ele ficasse mais um ano afastado, apenas como piloto reserva, sua carreira na Fórmula 1 teria tomado outro rumo.

“Dois anos fora teriam sido o fim. Se você é campeão mundial, você tem potencial para voltar. Mas na minha posição, estando fora por dois anos, teria sido o fim da minha carreira na Fórmula 1. Era agora ou nunca, e sorte a minha que as coisas terminaram bem”, disse.

Magnussen exaltou sua segunda chance e valorizou que ele tenha a conquistado em uma equipe vencedora. A Renault conquistou dois títulos mundiais seguidos, em 2005 e 2006, com Fernando Alonso no volante. Agora, além do piloto dinamarquês, o time contará com o britânico Jolyon Palmer, outro jovem piloto.

“Essa uma grande oportunidade para mim, porque nem todos os pilotos tem uma segunda chance. Foi dada a mim uma segunda chance e uma ótima chance com uma equipe top. Eu nem consigo te dizer o quão feliz eu estou. Mal posso esperar para entrar no carro”, celebrou.

As negociações entre Reanult e Magnussen demoraram para ser finalizadas e o piloto teve de procurar outras alternativas já que não possuía certeza de que o acordo iria ser fechado. Com isso, nestas férias ele chegou a testar carros de turismo como o Mercedes DTM contender e o Porsche LMP1.

“Eu tinha algumas opções, nenhuma delas era completamente certa. De certa maneira foi legal testar diferentes carros de corrida. Foi bacana testar um carro de DTM, um carro de LMP1, mas estou focado em estar de volta em um carro de Fórmula 1. Esse sempre foi o objetivo”, finalizou.

Deixe seu comentário