Motor/ Fórmula 1

Felipe Nasr pode renovar contrato e ajudar Sauber com R$ 135 milhões

José Victor Ligero e Tomás Rosolino - São Paulo , SP
14/11/2016 08:00:43

Em: Fórmula 1, Motor
Felipe Nasr pode ter ajudado a Sauber a faturar R$ 135 milhões (Foto: Paul Crock/AFP)
Felipe Nasr pode ter ajudado a Sauber a faturar R$ 135 milhões (Foto: Paul Crock/AFP)

A Sauber só foi somar seus primeiros pontos no Mundial 2016 de Fórmula 1 na 20ª de 21 etapas. No último domingo, Felipe Nasr realizou uma corrida de recuperação e terminou o GP Brasil em nono após largar no 21º e penúltimo lugar. Satisfeito e muito festejado por amigos e parentes que compareceram no Autódromo de Interlagos, o brasileiro afirmou que o resultado pode convencer a equipe suíça a renovar seu contrato, que se encerra no final deste ano.

“Sempre ajuda. Independente do momento, sempre falei que eu estava focado no final de semana, não estava nada preocupado com o meu futuro. Mantive meu foco, minha concentração. Estou aliviado por ter marcado pontos. O que eu sempre quis era ter marcado pontos, então eu fiquei feliz por isso”, comemorou o piloto de 24 anos.

Em seu segundo ano disputando a categoria, Nasr tem sofrido com os problemas financeiros da Sauber nesta temporada. O carro mostra-se defasado em relação aos concorrentes e tem tido dificuldades até para completar as corridas.

No entanto, com os dois pontos somados pelo brasiliense, o time suíço ultrapassou a Manor no Mundial de Construtores e caso mantenha a posição receberá 40 milhões de dólares (cerca de R$ 135 milhões) como premiação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), quantia que ajudaria no orçamento da Sauber para 2017.

“Vou ganhar o bônus por isso (risos)”, brincou Felipe, celebrando o resultado inesperado. “A Fórmula 1 é feita de momentos assim em que você consegue aproveitar a oportunidade. (O resultado) Deixa claro a minha prioridade do meu trabalho que faço para ficar aqui e para dar continuidade da minha carreira na Fórmula 1”, acrescentou, revelando ter sido parabenizado pela chefe da Sauber, a indiana Monisha Kaltenborn.

“Eu falei com ela por telefone, estava supercontente. É como eu falei: foi um ano difícil para todo mundo e a gente sabe o quanto vale um momento assim”, concluiu.

Após somar seus primeiros pontos na temporada, Felipe Nasr buscará manter a Sauber à frente da Manor no GP de Abu Dhabi, o último da temporada. A corrida acontecerá no dia 27 deste mês.




  • RUY BARBOSA DE OLIVEIRA

    Que show do Verstapenn,lembrou o Eterno e insuperável AYRTON SENNA DO BRASIL