Mick Schumacher chegaria à Ferrari com "tapete vermelho", diz diretor

São Paulo, SP

13-01-2017 17:19:00

Mal entrou no mundo do automobilismo, Mick Schumacher, filho de Michael, já faz brilhar os olhos de grandes equipes da Fórmula 1. Recém-ingressado na Fórmula 3, o piloto de 17 anos recebeu elogios de Massimo Rivola, responsável pela academia de jovens da Ferrari, que ainda apontou que o alemão seria recebido de braços abertos pela escuderia italiana.

"Sobre seu futuro, eu não sei o que Mick vai decidir, mas se ele quiser entrar no programa da FDA (Academia de Pilotos da Ferrari, em inglês), ele terá um tapete vermelho", apontou o diretor, em entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport.

Veja também:

Alonso elege Giancarlo Fisichella como "companheiro para a vida" na F1

Não é culpa de Vettel se a Ferrari não está vencendo, diz Ecclestone

Agora com Mick na F3, Rivola comemorou o fato de poder assistir ao trabalho do jovem mais de perto. Além de estar em uma categoria com maior visibilidade, o filho do maior campeão da história da Fórmula 1, com sete títulos, ainda será companheiro de Guan Yu Zhou, que integra a FDA.

"E este ano vamos ter a oportunidade de ficar muito perto de Mick, porque ele será companheiro de equipe do nosso piloto Zhou na Prema", finalizou.

Além da Ferrari, a Mercedes foi outra escuderia que demonstrou interesse em contar com Mick Schumacher em suas "categorias de base".

Deixe seu comentário