Gazeta Esportiva

Ex-piloto da F1, Justin Wilson morre em decorrência de acidente

São Paulo, SP

24/08/15 | 22:22 - 24/08/15 | 22:32

Aos 37 anos, Justin Wilson morreu em decorrência do acidente sofrido na etapa de Pocono (Foto: Divulgação/IndyCar)
Aos 37 anos, Justin Wilson morreu em decorrência do acidente sofrido na etapa de Pocono (Foto: Divulgação/IndyCar)

O piloto Justin Wilson não resistiu aos ferimentos que sofreu na cabeça durante a etapa de Pocono (EUA) da Fórmula Indy e morreu nesta segunda-feira. O inglês, de 37 anos, acabou sendo atingido no último domingo por um pedaço de carenagem do norte-americano Sage Karam em meio à prova da categoria.

Após o acidente, Wilson foi levado de helicóptero para o hospital. No mesmo dia, a Indy divulgou um comunicado informando que o piloto estava em coma e em estado muito delicado.

Wilson foi atingido pela peça do carro de Sage Karam na volta 180 das 200 da etapa de Pocono. O inglês estava no Lehigh Valley Hospital-Cedar Crest, em Allentown, na Pensilvânia. O piloto deixa mulher e dois filhos.

Competindo há 12 temporadas na Fórmula Indy, onde venceu sete corridas em sua carreira, Justin Wilson teve uma pequena experiência na Fórmula 1. Na principal categoria do automobilismo mundial, o inglês pilotou pela Minardi e pela Jaguar em 2003, conseguindo um ponto quando dirigia pela escuderia britânica.

Além das passagens pela Fórmula Indy e Fórmula 1, o inglês participou de provas da Fórmula E, Fórmula 3000 (campeão em 2001), além das 24 Horas de Le Mans e do campeonato de turismo da Austrália.

O último acidente fatal registrado na Fórmula Indy havia sido na temporada de 2011. Naquele ano, o também inglês Dan Wheldon perdeu a vida no oval de Las Vegas.

Deixe seu comentário