Gazeta Esportiva

São José é punido por escalações irregulares e perde cinco pontos na Superliga masculina de vôlei

São Paulo, SP

18/11/22 | 22:35 - 18/11/22 | 22:36

O Farma Conde/São José perdeu cinco pontos na Superliga masculina de vôlei pelas escalações irregulares do cubano Michael Sanchez e do estoniano Robert Taht. Ambos foram escalados fora do prazo para a estreia na competição - vitória por 3 a 2 contra o Vôlei Renata - no dia 22 de outubro.

A situação foi julgada na última quarta-feira pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD). O julgamento, conduzido pelo auditor relator Felipe Moccia determinou que, além dos pontos perdidos, o time de São José dos Campos deverá arcar com R$ 1,2 mil de multa.

Na partida, Sanchez foi o maior pontuador, com 31 pontos, enquanto Taht somou 10. Segundo informação do portal Web Vôlei, o clube foi alertado pela delagada do jogo previamente, mas seguiu com a escalação.

A dupla estrangeira aparece em nota oficial no site da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) no dia 20 de outubro, quinta-feira, mas o regulamento da competição determina que a quarta-feira é o limite semanal para escalação de atletas.

A decisão tem base no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), e em dois itens do regulamento da competição: o 3.4, sobre inscrições e prazo (artigo 13º, parágrafo 1º); e o 3.5, sobre registro, inscrição e condição de jogo (artigo 17º, parágrafo 3º).

Ainda cabe recurso para o São José.

Na tabela:

Com os pontos subtraídos, o São José vai de 11 para seis pontos e, assim, cai da quarta para a sétima colocação da Superliga masculina.

Do outro lado, no entanto, o Vôlei Renata, que perdeu a partida em questão, não receberá a pontuação da partida.

Deixe seu comentário