Tênis/ Aberto da Austrália

Wawrinka arrasa Nishikori, se vinga mais uma vez e vai à semi

GazetaEsportiva.net - Melbourne , - Austrália
28/01/2015 06:34:00

Em: Mais Esportes, Tênis

Stanislas Wawrinka segue defendendo bem o título do Aberto da Austrália e também dando o troco nos rivais. Na madrugada desta quarta-feira, o suíço, número 4 na lista da ATP, fez 3 sets a 0 sobre japonês Kei Nishikori (5º), parciais de 6/3, 6/4 e 7/6 (8-6), em 2h04 de partida, e se classificou às semifinais no primeiro Grand Slam do ano.

O resultado dá a “Stanimal” o gosto da vingança pela derrota sofrida nas quartas de final do Aberto dos Estados Unidos para Nishikori, após cinco sets de batalha. Antes da revanche contra o tenista nipônico, Wawrinka se vingou do espanhol Guillermo Garcia-Lopez, algoz da primeira rodada de Roland Garros de 2014, com um 3 a 1, pelas quartas em Melbourne, na última segunda-feira.

Agora, Wawrinka aguarda o vencedor do embate entre o sérvio Novak Djokovic, principal cabeça de chave, e o canadense Milos Raonic (8º), para saber com quem vai duelar por uma vaga na final.

Dono de oito títulos na carreira, o tenista de Lausanne, na Suíça, vai atrás de seu segundo troféu de Grand Slam. Caso conquiste o bicampeonato em Melbourne, Wawrinka tomará o terceiro lugar do espanhol Rafael Nadal no ranking mundial.

Os números não escondem a superioridade do suíço dentro da quadra Rod Laver. Agressivo como sempre, ele encaixou nada menos que 20 aces na partida, contra apenas seis de Nishikori. Wawrinka ainda disparou 46 bolas vencedoras, o dobro do japonês. Coadjuvante em quadra, Kei acabou falhando menos (31 erros não forçados) do que o suíço (34).

Stanislas Wawrinka abusou da agressividade para deter Kei Nishikori (Foto: Manan Vatsyayana)
Stanislas Wawrinka abusou da agressividade para deter Kei Nishikori (Foto: Manan Vatsyayana) – Credito: AFP

Stanislas Wawrinka precisou de apenas meia hora para sair na frente no placar. Já no quarto game do primeiro set, ele quebrou o serviço de Nishikori para, em seguida, sacar e abrir 4/1. Depois, o suíço confirmou seus saques com tranquilidade e fechou a parcial em 6/3.

O japonês voltou mais ligado para o segundo set, porém perdeu o saque no quinto game e depois viu Wawrinka confirmar a quebra e abrir 4/2. No décimo game, teve três break points para empatar em 5/5, mas desperdiçou todos e perdeu por 6/4.

Quinto cabeça de chave, Kei Nishikori animou seus fãs ao abrir 2/0 na terceira parcial, com uma quebra à frente. No entanto, o nipônico vacilou e teve o saque rechaçado logo na sequência e lamentou o empate de Wawrinka em 2/2. Após isso, ambos os tenistas não tiveram problemas para confirmar o serviço e forçaram o tie-break de desempate. Nele, Wawrinka abriu 4/0 e depois 6/1, tendo cinco match points à disposição. No entanto, o japonês foi valente e empatou em 6/6. Por fim, o suíço acordou, conseguiu dois pontos consecutivos e garantiu a vaga nas semifinais.

O japonês deu trabalho no terceiro set, mas não foi o suficiente para atrapalhar Wawrinka (Foto: Manan Vatsyayana)
O japonês deu trabalho no terceiro set, mas não foi o suficiente para atrapalhar Wawrinka (Foto: Manan Vatsyayana) – Credito: AFP