Sensação canadense supera susto, bate mais um veterano e avança no Brasil Open

Fernanda Lucki Zalcman* - São Paulo,SP

28-02-2019 19:19:10


A torcida brasileira poderá acompanhar mais um pouco da sensação canadense, Felix Auger-Aliassime. Depois de vencer o tricampeão do Brasil Open, Pablo Cuevas, o jovem tenistas de 18 anos entrou em ação novamente nesta quinta-feira e despachou mais um veterano. Desta vez, ele superou uma torção no pé e venceu o espanhol Albert Ramos-Vinolas, em sets direitos, com parciais de 7/6 (7-2) e 7/6 (7-5).

Com o resultado, Aliassime avança às quartas de final do ATP 250 de São Paulo e agora espera o vencedor do duelo entre o sérvio Laslo Djere e o tunisiano cabeça de chave número dois, Malek Jaziri. Caso Djere avance, eles irão reeditar a grande final do Rio Open, no último domingo, em que o sérvio levou a melhor.

A campanha até as quartas rende 45 pontos no ranking ao canadense, que voltará a superar seu melhor ranking na carreira e e colará de vez no top 50.

Veja também:

Algoz de Monteiro elimina o favorito João Sousa e exalta torcida brasileira

Estrela boliviana vence “grande amigo” e faz segunda quartas de final seguida

O canadense começou firme na partida, sacando muito bem e dando pouco espaço para o espanhol. Ao mesmo tempo, Aliassime pressionava o serviço do adversário e, assim, não tardou para que ele conseguisse a primeira quebra e abrisse 4 a 1. No nono game, porém, o jovem não teve um bom desempenho e acabou cedendo o break, que deixou tudo igual no Ginásio do Ibirapuera.

No tie-break, Aliassime sobrou. Abriu de cara 3 a 1 e ainda conseguiu mais uma quebra para ficar com 5 a 2 no placar e sacar duas vezes para definir a primeira parcial.

O início do segundo set foi mais equilibrado, sem chances de quebra para nenhum dos dois lados. Até que no oitavo game, o canadense torceu o pé direito, precisou pedir atendimento médico e acabou tendo um break-point. Mas, apoiado pela torcida, ele voltou para a quadra e confirmou o serviço, usando o saque para se salvar da quebra.

Mais uma vez, o jogo foi para o tie-break. E apesar de um pouco mais equilibrado, Aliassime teve o controle da partida. Abriu logo 3 a 0 e administrou a vantagem, até o décimo ponto, quando permitiu o break. No entanto, com uma postura bastante ofensiva e com muita garra, o jovem de 18 anos confirmou seu saque e conseguiu a quebra decisiva em um erro milimétrico de Ramos-Vinola.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Deixe seu comentário