Tênis

Prefeito de Nova York pede desculpas a Blake por violência policial

São Paulo , SP
22/09/2015 10:07:31 — 22/09/2015 10:09:45

Em: Mais Esportes, Tênis

O ex-tenista norte-americano James Blake se encontrou com o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, na última segunda-feira, para pedir justiça e receber desculpas pela violência policial sofrida por ele ao ser confundido com um ladrão há quase duas semanas, quando acontecia o Aberto dos Estados Unidos.

James Blake, que se aposentou depois do Aberto dos Estados Unidos de 2013, foi jogado ao chão por um policial à paisana, equivocadamente algemado e arrastado pelas ruas de Nova York ao ser confundido com um infrator procurado pela polícia há um tempo, em uma operação contra uma rede fraudulenta de cartões de crédito.

“Não quero uma justiça rápida”, disse o ex-número 4 do mundo após uma reunião, que classificou como muito produtiva. “Estou buscando um impacto que seja duradouro e positivo para a cidade”, completou.

James Blake disse que o tema principal da reunião com Bill de Blasio e o comissário de polícia William Bratton foi esclarecer o ocorrido e evitar que incidentes como aquele se repitam.

“De Blasio falou muito claramente que fará mudanças na maneira da polícia deter as pessoas, não serão mudanças a curto prazo, mas sim definitivos, que vão afetar as próximas gerações”, declarou Blake.

O policial que o prendeu, James Frascatore, já havia sido citado em diversos processos anteriores de direitos civis alegando força excessiva. Blasio afirmou que o oficial deverá ser demitido. O prefeito também comentou a reunião: “Prometemos uma investigação justa e queremos encontrar um terreno comum para a reforma”.

Veja o vídeo que mostra James Blake sendo detido erroneamente pela polícia de Nova York: