Tênis

Começou na madrugada deste domingo a tradicional Copa Hopman, realizada na cidade australiana de Perth e que reúne oito países na disputa pelo título. Pelo Grupo A, a equipe da República Tcheca, formada por Lucie Safarova (16ª no ranking mundial) e Adam Pavlasek (240º), venceu por 2 a 1 o time do Canadá, integrado por Eugenie Bouchard (7ª) e Vasek Pospisil (53º).

Algumas das favoritas ao título do WTA de Brisbane, na Austrália, já deram adeus à competição logo na primeira rodada. É o caso das cabeças de chave número 5 e 6, Andrea Petkovic e Jelena Jankovic, que foram surpreendidas na madrugada deste domingo. O torneio é um dos mais importantes neste início da temporada 2015, já que oferece 1 milhão de dólares (cerca de R$ 2,69 milhões) e 470 pontos à campeã.

O brasileiro Guilherme Clezar, número 253 do mundo, conseguiu a segunda vitória em dois jogos pela temporada 2015 do Circuito Profissional do Tênis e uma vaga na chave principal do Challenger de Nouméa, na Nova Caledônia. Segundo principal favorito no qualifying, o gaúcho de 22 anos venceu o cabeça de chave 7, o australiano Gavin Van Peperzell (485º), por 2 sets a 1, com parciais de 1/6, 6/0 e 6/0, em 1h15 de partida, no último sábado.

O atleta brasileiro João Olavo Souza, o Feijão, conheceu seu adversário na estreia da temporada de 2015 do circuito mundial masculino de tênis. Ele jogará na primeira rodada do ATP 250 de Doha, no Catar, contra o tunisiano Malek Jaziri, dono da 76ª colocação do ranking mundial.

O gaúcho Guilherme Clezar venceu seu primeiro compromisso na temporada de 2015 do circuito profissional masculino de tênis. Ele estreou com vitória no ano, derrotando o francês Nicolas N’Godrela, por duplo 6/2, na primeira rodada do qualifying do Challenger de Nouméa.

Vice-campeões da última edição, o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya são os principais favoritos na chave de duplas do ATP 250 de Doha, no Catar. A competição começa nesta segunda-feira e terá a presença de grandes nomes do tênis, como o do espanhol Rafael Nadal e do sérvio Novak Djokovic. Além de jogarem na chave de simples, os números 1 e 3 do mundo também jogarão como duplistas.

Número 8 do mundo, Caroline Wozniacki lamentou na última sexta-feira a saída do jogador inglês Steve Gerrard do Liverpool, onde atuou por 25 anos, entre a passagem pelas categorias de base e os profissionais. A dinamarquesa postou uma foto no Instagram treinando com uma camisa do eterno ídolo dos Reds.

Após se ausentar de competições importantes no final do ano passado por conta de lesões e uma apendicite, Rafael Nadal, número 3 do mundo, conquistou sua primeira vitória no retorno às quadras, neste sábado, diante de Stanislas Wawrinka (4º). O espanhol venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/1) e 6/3, em 1h29. A partida foi válida pelo terceiro lugar do Mudabala World Tennis Championship, torneio de exibição disputado na quadra dura de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Cabeça de chave número 1 do ATP 250 de Brisbane, na Austrália, Roger Federer conheceu na última sexta-feira a chave da competição e seu possível primeiro adversário. Este, sairá do duelo entre o australiano John Millman, 156º do ranking mundial e convidado da organização, e um jogador vindo do qualificatório.

Número 1 do mundo, Novak Djokovic foi derrotado pela febre neste sábado. O sérvio acordou doente e decidiu não disputar a final do Mubadala World Tennis Championship, torneio de exibição disputado na quadra dura de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Sendo assim, o outro finalista, o britânico Andy Murray (6º) foi declarado o campeão e receberá a bagatela de 250 mil dólares (R$ 650 mil).

Mais na web