Orlandinho e dupla Feijão/Neis caem na estreia do Aberto do Brasil

São Paulo, SP

27-02-2017 21:35:39

Uma das apostas brasileiras para o tênis, Orlandinho Luz acabou derrotado logo em sua estreia no Aberto do Brasil. No saibro paulista, o atual número 544 no ranking da ATP e convidado do evento caiu para o top 100 português Gastão Elias por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 7/5.

Aos 19 anos, Orlandinho não conseguiu impor seu tênis em São Paulo e acabou levando uma quebra logo em seu primeiro serviço. O brasileiro não conseguiu ao menos pontuar durante os dois primeiros games da partida.

No quinto game, Gastão teve dois break points, mas Orlandinho se recuperou e confirmou o serviço. Na sequência, foi a vez do brasileiro ir bem no saque adversário e ter dois breaks, ambos salvos pelo português. Com mais uma quebra e dois set points, Elias deu fim ao primeiro set após 38 minutos.

Apresentando um desempenho mais equilibrado na segunda parcial, ambos os tenistas confirmaram todos os seus serviços sem problemas até o 11º game, quando Orlandinho acabou sofrendo uma quebra e deu a vantagem para o rival. Sacando, Gastão não teve problemas e fechou a partida depois de mais 44 minutos em quadra.

Agora nas oitavas de final, o português número 98 da ATP irá enfrentar o espanhol Albert Ramos-Vinolas, número 24 do mundo e cabeça de chave número dois em São Paulo.

Mesmo com a eliminação de Orlandinho, o Brasil segue vivo na disputa de simples do torneio ATP 250 com Thiago Monteiro, Thomaz Bellucci, Rogerinho Dutra e João Souza, o Feijão. Todos entram em quadra nesta terça-feira.

Feijão e Fabrício Neis perdem na estreia das duplas

Assim como Orlandinho, a dupla formada por João Souza e Fabrício Neis acabou eliminada logo na estreia. Jogando contra os argentinos Facundo Bagnis e Guillermo Duran, os brasileiros venderam caro a eliminação, levando a partida para o terceiro set.

São Paulo-SP - 27/02/2017 - BRASIL OPEN 2017 - Joao Souza/Fabricio Neis, durante Brasil Open 2017 no Esporte Clube Pinheiros. Foto: Ricardo MoreiraDGW Comunicação
Feijão (e) e Neis (d) foram bem, mas acabaram eliminados (Foto: Ricardo Moreira/DGW Comunicação)

No primeiro, os brasileiros saíram na frente, com uma quebra no quarto game, mas tomaram a virada com duas quebras dos adversários e foram derrotados por 7/5. Já na segunda parcial, a dupla conseguiu uma quebra a mais (três a duas) e venceu por 6/4, levando para o desempate.

Já na decisão, prevaleceu o tênis dos Hermanos, que pontuaram três vezes no serviço dos brasileiros e fecharam o desempate em 10 a 6. Agora nas quartas de final, os argentinos enfrentarão Julio Peralta (Chile) e Horácio Zeballos (Argentina).

 

Deixe seu comentário