Novak Djokovic mantém liderança no ranking da ATP

AFP - São Paulo , SP
10/02/2020 17:22:54

Em: Mais Esportes, Tênis
Foto: Saeed KHAN / AFP

O sérvio Novak Djokovic, que recuperou o primeiro lugar do ranking da ATP há uma semana depois de vencer o Aberto da Austrália, manteve a liderança nesta segunda-feira, à frente do espanhol Rafael Nadal e do suíço Roger Federer.

O destaque é o chileno Cristian Garín, que conquistou no domingo o terceiro título de sua carreira em Córdoba, e com isso subiu para o 26º lugar no ranking em uma lista que não mostra variações em suas 20 primeiras posições.

Garín, de 23 anos e especialista no saibro, vem mostrando uma evolução impressionante: 311º no final de 2017, 84º no final de 2018, 33º no final de 2019 e agora 26º, com o mesmo número de pontos do japonês Kei Nishikori (25º), ex-número 4.

O argentino Diego Schwartzman (14º), finalista contra Garin no domingo em Córdoba, somou pontos importantes e está a apenas 75 do italiano Fabio Fognini, 11º. Ele é atualmente o melhor sul-americano da lista.

O brasileiro Thiago Monteiro perdeu três posições e está em 92º.

– Ranking da ATP de 10 de fevereiro:

1. Novak Djokovic (SRB) 9720 pts
2. Rafael Nadal (ESP) 9395
3. Roger Federer (SUI) 7130
4. Dominic Thiem (AUT) 7045
5. Daniil Medvedev (RUS) 5890
6. Stefanos Tsitsipas (GRE) 4745
7. Alexander Zverev (ALE) 3885
8. Matteo Berrettini (ITA) 2860
9. Gaël Monfils (FRA) 2860
10. David Goffin (BEL) 2600
11. Fabio Fognini (ITA) 2400
12. Roberto Bautista (ESP) 2360
13. Stan Wawrinka (SUI) 2360
14. Diego Schwartzman (ARG) 2325
15. Andrey Rublev (RUS) 2174
16. Denis Shapovalov (CAN) 2120
17. Karen Khachanov (RUS) 1995
18. John Isner (EUA) 1940
19. Benoît Paire (FRA) 1738
20. Nick Kyrgios (AUS) 1690

26. Cristian Garin (CHI) 1570 (+5)
27. Guido Pella (ARG) 1560 (-5)
30. Pablo Carreño (ESP) 1332 (-1)
42. Albert Ramos (ESP) 1130
47. Fernando Verdasco (ESP) 1025 (+1)
48. Pablo Cuevas (URU) 1017 (-1)
51. Feliciano López (ESP) 953 (+4)
58. Pablo Andújar (ESP) 887 (+5)
69. Juan Ignacio Londero (ARG) 807 (-19)
77. Hugo Delllien (BOL) 738
85. Nicolás Jarry (CHI) 671 (-4)
87. Federico Delbonis (ESP) 666 (-13)
88. Roberto Carballés (ESP) 664 (-5)
89. Alejandro Davidovich (ESP) 656 (-5)
92. Thiago Monteiro (BRA) 634 (-3)
95. Jaume Munar (ESP) 618 (-8)