Em semana histórica, Bia Haddad perde para Simona Halep na final e fica com o vice em Toronto

São Paulo, SP

14/08/22 | 17:29 - 14/08/22 | 19:47

A semana histórica de Beatriz Haddad Maia em Toronto acabou neste domingo com o vice no WTA 1000 do Canadá. Em um jogo com altos e baixos, a tenista brasileira foi derrotada pela romena Simona Halep, ex-número 1 do mundo e atual 15ª colocada do ranking, por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 2/6 e 6/3, após 2 horas e 16 minutos. Esse é o terceiro título da europeia na competição, repetindo os feitos de 2016 e 2018.

Bia Haddad Maia teve uma semana para não ser esquecida tão cedo. Até chegar á final, a paulista de 26 anos conseguiu cinco vitórias, sendo quatro delas diante de rivais que estão no Top 20 do ranking da WTA. A única fora deste grupo foi a italiana Martina Trevisan, 26ª do ranking e semifinalista de Roland Garros, derrotada pela brasileira na estreia.

A sequência de grandes triunfos de Bia Haddad começou contra Leylah Fernandez, 13ª colocada, passou pela número 1 do mundo, a polonesa Iga Swiatek, chegou na campeã olímpica e 12ª do ranking, a suíça Belinda Bencic, e terminou na ex-líder e atual 14ª, a checa Karolina Pliskova, nas semifinais. Atuando contra rivais no Top 20, a tenista brasileira tem sete vitórias e apenas duas derrotas em 2022.

A grande campanha em Toronto terá grande influência em seu ranking. Primeira brasileira a disputar uma final de WTA 1000 em simples, Bia Haddad iniciou a semana como a 24ª do mundo e será a número 16 a partir desta segunda-feira. Ela disputou a sua quarta final na carreira e segue com dois títulos, os torneios WTA 250 disputados nas quadras de grama de Nottingham e Birmingham, ambos na Inglaterra, em junho.

Bia avalia semana história na carreira

Após o embate contra a romena Simone Halep, a brasileira admitiu estar feliz com os últimos resultados. "Acredito que, por mais que hoje não tenha saído o resultado que eu gostaria, desde a primeira rodada eu tentei melhorar o meu tênis, fazer coisas que eu não estava fazendo na semana passada, ser agressiva e acreditar mais em mim. Hoje me custou muito depois do 3/0, joguei pra menos. Foram coisas que eu não estava fazendo nos últimos jogos. Perdi seis games consecutivos e isso me custou caro", declarou.

"Mentalmente foi abaixo do que eu estava apresentando. De qualquer forma, estou feliz com a semana. Fiz coisas positivas que vou levar comigo em toda a minha carreira. Tem dias que a gente ganha e tem dias que a gente aprende. Hoje eu aprendi", resumiu Bia.

Por outro lado, Bia declarou estar "um pouco insatisfeita" com seu desempenho na grande final. No entanto, já busca focar no próximo jogo em outra competição. Por fim, Bia Haddad viaja para mais um WTA 1000. Será em Cincinnati, nos Estados Unidos. A sua adversária na estreia será a letã Jelena Ostapenko, outra que se encontra no Top 20 do ranking.

Deixe seu comentário