Berlocq desiste e Bagnis é campeão do Challenger de Campinas

São Paulo, SP

09-10-2016 17:51:32

O argentino sagrou-se campeão do Challenger de Campinas neste domingo. O número 74 do mundo vencia por 5/7, 6/2 e 3/0 quando contou com uma desistência do seu compatriota Carlos Berlocq no terceiro set devido a dores no músculo adutor da perna direita.

Bagnis levantou seu segundo título consecutivo, depois de ter vencido o Challenger de Medellín, na Colômbia, na última semana. O argentino conquistou cinco taças do circuito na temporada e, após triunfar em Campinas, sobe para a 66ª colocação no ranking.

"É incrível. Foi um torneio muito difícil. Senti cansaço tanto físico, quanto mental da semana passada. Fui me superando a cada dia, com partidas longas e adversários muito duros. Fico muito feliz. Claro que não é a melhor maneira de ganhar hoje, mas tinha um rival sempre dá muito trabalho", comemorou Bagnis.

O próximo compromisso do argentino será em casa, no Challenger de Buenos Aires, a partir da próxima semana. Bagnis chegou à decisão em Campinas ao derrotar o brasileiro Rogerinho neste sábado.

Vice-campeão, Berlocq revelou que as dores que o fizeram desistir da final foram sentidas pela primeira vez na semifinal contra o português Pedro Sousa. “"Ontem eu tive um problema no adutor e não consegui me recuperar. Doía para sacar e tentei dar o máximo, mesmo com muita dor. Eu iria abandonar no primeiro set, mas o placar me ajudou um pouco, então decidi seguir jogando com dor. No final, saí porque percebi que, nestas condições, não poderia ganhar o jogo", lamentou.

O resultado reforça o domínio dos argentinos no Challenger de Campinas. De seis edições do torneio, cinco terminaram com vitória dos Hermanos. Máximo Gonzalez, Guido Pella, Diego Schwartzman e Facundo ARguello, além de Bagnis, já levaram o título. O único a quebrar a hegemonia da Argentina foi Guilherme Clezar em 2013.

Deixe seu comentário