Berdych e Robredo avançam e decidem vaga na final em Shenzhen

São Paulo , SP
02/10/2015 15:55:45

Em: Mais Esportes, Tênis

Deu a lógica nas quartas de final do ATP 250 de Shenzhen. Os quatro principais cabeças de chave confirmaram o favoritismo e avançaram à semi do torneio disputado no piso rápido chinês: o tcheco Tomas Berdych, o croata Marin Cilic e os espanhóis Tommy Robredo e Guillermo Garcia-Lopez.

Atual vice-campeão do torneio, Berdych não levou sustos contra seu compatriota Jiri Vesely, número 40 do mundo e cabeça de chave 6, e precisou de 1h33 para triunfar em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2. Ao todo, o integrante do top 5 anotou três aces, obteve três quebras em sete oportunidades e salvou todos os quatro break points que enfrentou.

Principal favorito, Berdych encara Robredo por uma vaga na final (foto: ATP)
Após a derrota para Andy Murray em 2014, Berdych está a um passo de nova final na China (foto: ATP)

O próximo adversário do tcheco será Tommy Robredo, responsável por despachar o italiano Simone Bolelli, 62º do mundo por 2 sets a 1 de virada (3/6 6/2 e 6/4), após 1h51 de embate. O número 30 do mundo perdeu o primeiro set com duas quebras sofridas, mas reagiu e as devolveu na segunda parcial.

Quando vencia a terceira parcial por 5/4, Robredo voltou a superar o serviço adversário para confirmar a classificação. No total, o espanhol fez sete aces, seis a mais que o italiano, e salvou seis de oito break points (75%), mas desperdiçou sete chances em dez (70%) e cometeu mais duplas faltas que o oponente (6 a 4).

Cabeça de chave 2, Cilic avançou ao despachar o sul-coreano Hyeon Chung (58º) por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8-6) e 6/4 após 1h35 de embate. Após uma quebra para cada lado no primeiro set, o croata conquistou três três mini breaks no tiebreak, um a mais que Chung, e fechou o set. O 14º do mundo abriu a segunda parcial com nova quebra, mas o sul-coreano devolveu e igualou o placar em 3/3.

Porém a alegria de Chung durou pouco. O croata respondeu rapidamente com mais uma quebra e administrou a vantagem para assegurar o triunfo. Cilic não desperdiçou nenhum dos três break points que forçou, e foi capaz de salvar duas de quatro quebras. O tenista da Croácia anotou 15 aces contra dez do adversário, e cometeu três duplas faltas, duas a menos que o sul-coreano.

Cilic vai enfrentar Garcia-Lopez, 29º do mundo e cabeça de chave 4, que contou com a desistência do francês Adrian Mannarino (39º) e se classificou automaticamente às semifinais. Os duelos serão realizados neste sábado. Berdych e Robredo se enfrentam às 4h (de Brasília), e logo depois, às 6h, o croata e o espanhol brigam pela última vaga na decisão.